Verão

Verão: especialista ensina a bronzear-se com saúde e manter o tom dourado

Para ajudar quem quer ganhar um tom dourado com saúde, ela selecionou dicas incríveis

Redação iBahia (redecao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Manter a pele bronzeada é o sonho de muitas pessoas quando chega o Verão. Mas expor-se ao sol no período sem os devidos cuidados é arriscado. "Muitos problemas podem ser gerados", assegura a farmacêutica Fernanda Sanches. Para ajudar quem quer ganhar um tom dourado com saúde, ela selecionou dicas incríveis. Confira!


Dica 1 – Usar filtro solar até sob o guarda-sol
Mesmo sob o guarda-sol é necessário usar filtro solar. O mesmo vale para quando o sol aparentemente não está intenso, ou seja, quando existe apenas aquele mormaço.

Dica 2 – O corpo inteiro precisa de proteção
É preciso aplicar o produto em todas as partes do corpo. É muito comum as pessoas se esquecerem de aplicar em volta dos olhos (porque estão usando óculos), no pescoço, nas orelhas, no meio das pernas, no antebraço, nos pés, nas mãos e nas partes calvas. E isso pode causar queimaduras e envelhecimento precoce dessas áreas. Os lábios também devem ser protegidos, e para evitar o ressecamento e inchaço nessa região, é necessário o uso de filtro solar específico, rico em manteiga de karité. É preciso, também, reaplicá-los sempre que houver a sensação de ressecamento, com ou sem a exposição ao sol.

Dica 3 – Filtro solar deve ser reaplicado constantemente
A ordem geral é aplicar os filtros solares 20 minutos antes da exposição ao sol. E reaplicar a cada três horas ou a cada 40 minutos, quando entrar na água ou transpirar em excesso. Mesmo devidamente protegido, deve-se evitar a exposição direta ao sol no período entre 10 e 16 horas (11 e 17h, no horário de verão). Dê preferência aos que contam com proteção ao DNA da célula.

Dica 4 – Escolha correta do fator de proteção solar (FPS)
A escolha do fator de proteção solar deve ser feita de acordo com a sensibilidade de cada pele ao sol e conforme a intensidade de exposição. O mínimo indicado é o FPS 15, que protege 15 vezes mais em relação ao tempo que a pele demora para ficar vermelha. O ideal é utilizar FPS acima de 30, tanto no rosto quanto no corpo, para garantir um bronzeado sem queimaduras.


Dica 5 – Fique longe das fórmulas caseiras
As fórmulas caseiras ainda são usadas por quem tem pressa de se bronzear. Muitas são feitas à base de refrigerantes de cola, óleo de cozinha e folhas de figo, por exemplo. Todas, sem exceção, podem queimar gravemente a pele. Felizmente, com a maior oferta de protetores solares, inclusive para consumidores de baixo poder aquisitivo, elas são menos utilizadas.

Dica 6 – Use o protetor solar de acordo com seu tipo de pele
Para quem tem pele oleosa, a formulação ideal é o produto em gel ou com componentes específicos para o controle da oleosidade. Para peles secas, são indicados filtros cremosos ou loções que conferem alta hidratação. Nas peles normais podem ser usados todos os tipos de filtros, dependendo da preferência do usuário.

Dica 7 – Pele negra também precisa de proteção
Quem tem a pele morena ou negra deve usar filtro solar, pois também estão expostos aos riscos da exposição solar. A pele morena é menos agredida devido à proteção natural da melanina. Os filtros não devem ser esquecidos para evitar queimaduras e até o câncer de pele. Nas peles negras é muito comum observar algumas pintas escuras e salientes, que podem ser indicadores de câncer de pele.

Dica 8 – Reforce a alimentação
Alimentos ricos em betacaroteno – os que têm o tom amarelado ou alaranjado, como a cenoura, laranja, abóbora, mamão, manga, entre outros – são ricos em vitamina A. Eles auxiliam a formação da melanina, o pigmento que promove o bronzeamento.

E para estender o bronzeado, Fernanda dá mais dicas:

- Cuide de seu metabolismo nesta estação tão quente. Não se esqueça de que, no verão, ocorre uma maior perda de líquidos e minerais devido ao aumento da temperatura corporal e à transpiração excessiva. Não espere a sede chegar: aumente a ingestão de líquidos saudáveis como, por exemplo, a água de coco que é rica em sais minerais e proteínas. A pele ficará menos ressecada e terá menos chance de descamar.

- Tome mais banhos de água fria ou morna. Banhos longos e com água quente removem a oleosidade natural da pele.

- Durante o banho, evite esfoliar a pele ou passar bucha vegetal. Opte por sabonetes neutros.

- Capriche na hidratação: prolonga o bronzeado, além de aliviar a sensação de calor e queimadura. O bom produto deve promover a hidratação imediata, evitar a descamação, diminuir o desconforto pós-sol e minimizar o eritema (vermelhidão).

- Autobronzeadores podem ajudar a manter a cor. Aplique o produto uma vez por semana.