Tecnologia

Whatsapp lança conjunto de figurinhas com recomendações sobre prevenção

O WhatsApp, uma das redes sociais mais populares do país, lançou nesta quinta-feira um pacote de 11 figurinhas que traz orientações sobre a prevenção ao coronavírus

Agência O Globo

O WhatsApp, uma das redes sociais mais populares do país, lançou nesta quinta-feira um pacote de 11 figurinhas que traz orientações sobre a prevenção ao coronavírus. As ilustrações que podem ser compartilhadas entre os contatos trazem recomendações como “Lave bem as mãos”, “Desinfete os objetos usados”, “Evite tocar nariz, bocas e olhos”, “Fique informado”, "Toca aqui... Não pera", entre outros.

Foto: reprodução
- Temos trabalhado com os órgãos de saúde para fornecer maneiras simples para os cidadãos receberem informações precisas sobre o vírus - afirmou Pablo Bello, diretor de Políticas Públicas de Mensageria Privada na América Latina.

Para baixar as novas figurinhas, o usuário pode clicar no link da rede social.

A ilustração é assinada pela designer paulistana Ana Cattini, 26 anos. Ela acredita que as figurinhas podem ajudar a simplificar a linguagem técnica sobre a canais de contaminação da doença. Além disso, a rede social tem sido cada dia mais usada para comunicação entre profissionais de saúde e seus pacientes, por exemplo.

- Compartilhar conteúdo de uma maneira menos técnica sobre as formas de prevenção do coronavírus faz com que tenhamos um alcance maior, evitando o compartilhamento de fake news - ponderou a coordenadora do Núcleo de Multimídia do Ministério da Saúde, Ana Miguel.



Projetado para ser uma plataforma de comunicação privada para famílias e amigos, o WhatsApp hoje conecta dois bilhões de pessoas em todo o mundo. A plataforma informou que a iniciativa faz parte do combate às mensagens virais e as falsas informações.

No ano passado, o aplicativo já reduziu o número de conversas que podem receber uma mensagem encaminhada ao mesmo tempo para apenas cinco, e a introduz os rótulos 'encaminhada' e 'altamente encaminhada' para identificar mensagens compartilhadas várias vezes. A empresa também recomenda que os usuários verifiquem os fatos em fontes oficiais e confiáveis antes de compartilharem mensagens recebidas.