E. C. Bahia

A vez de Capixaba: Lateral deve ser titular pela primeira vez na Série A

Preto testou Juninho no lugar de Matheus Reis na esquerda em treino

Redação Correio 24h
O problema começou desde a não renovação de contrato de Moisés, que voltou ao Corinthians e deixou os  tricolores órfãos de um lateral-esquerdo de confiança. Para suprir a saída do jogador que foi titular quase incontestável na Série B do ano passado, a diretoria do Bahia contratou o experiente Armero, que tem até Copa do Mundo no currículo e o jovem Matheus Reis, emprestado pelo São Paulo. 

Juninho deve ser titular contra o Vasco (Felipe Oliveira )
Ambos, no entanto, não conseguiram se firmar na posição e foram responsáveis por um clamor da torcida, que passou a pedir o garoto Juninho Capixaba, de apenas 20 anos e formado na base do clube, no time titular. 
Clamor que o então técnico interino, Preto Casagrande, parece ter resolvido atender. No treino desta quarta (16), no Fazendão, em um trabalho com bola que comandou, Preto montou as linhas de defesa e também do meio de campo, dando indícios da equipe que vai enfrentar o Vasco, domingo (20), às 16h, na Fonte Nova. 
Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Edson, Renê Júnior, Zé Rafael e Mendoza foi a formação da atividade, que tinha três equipes com oito jogadores cada, que se enfrentavam. Régis e Rodrigão  ficaram em outro time. Caso seja confirmada a entrada de Juninho Capixaba, será a primeira vez do jovem lateral como titular na Série A. Antes de promover a mudança, por sinal, Preto conversou por alguns minutos com Matheus Reis em particular.
A escolha por Capixaba é reflexo da inconsistência dos outros dois atletas da posição na temporada. Dos 48 jogos feitos pelo Bahia em 2017, Armero foi titular em 20 e Matheus Reis em 22. Nos outros seis, deu Juninho.