E. C. Bahia

Agora no Bahia, Hernane Brocador pode render R$ 20 milhões ao Flamengo

Clube carioca cobra do Al Nassr, da Arábia Saudita, o valor pela venda do atacante, em agosto de 2014

Redação Correio 24h
- Atualizada em

Hernane 'Brocador' é a principal referência do ataque do Bahia. E o jogador já mostrou seu cartão de visistas, dois gols no amistoso contra o Santos, na Arena Fonte Nova. Mas além do tricolor, o baiano de Bom Jesus da Lapa pode fazer um outro time feliz em 2016.

Vendido pelo Flamengo ao Al Nassr, da Arábia Saudita, em agosto de 2014, o clube rubro-negro não recebeu o pagamento pelo acordo e vai ter o caso julgado nesta quarta-feira (27) pela Corte Arbitral do Esporte (CAS), em Lausanne, na Suíça. Caso sai vencedor, o Flamengo pode embolsar no mínimo R$ 20 milhões. 

Hernane Brocador comemora os gols marcados no empate contra o Santos (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

 
A conta se dá por causa do câmbio na moeda. O Flamengo negociou Hernane por 4,5 milhões de euros, o que na época correspondia a cerca de R$ 13,7 milhões. Caso perca a ação, o time da Arábia Saudita ainda terá de pagar um valor correspondente a uma multa contratual e mais cinco por cento de juros ao ano.

Em março do ano passado, a Fifa deu ganhou de causa ao time brasileiro, mas o Al Nassr recorreu da decisão e o caso foi para a Corte Arbitral do Esporte. Em fevereiro do ano passado, Hernane recorreu á Justiça e conseguiu quebrar o contrato com o Al Nassar, alegando falta de pagamento dos salários.

Livre no mercado, Hernane voltou ao Brasil e acertou com o Sport, mas a demora nos trâmites burocráticos atrasaram sua regularização e ele pouco atuou no time pernambucano. Com a camisa do Flamengo, o 'Brocador'
 ganhou destaque quando marcou 36 gols na temporada 2013.
Correio24horas