E. C. Bahia

Após seis partidas em Salvador, Bahia jogará realmente fora de casa

Essa será a quarta partida do Bahia contra o Vitória da Conquista na temporada. Duas acontecem no Nordestão e uma no estadual

Daniela Leone (daniela.leone@redebahia.com.br)
- Atualizada em
Com 11 pontos, o Bahia lidera o Grupo B no Campeonato Baiano após seis rodadas. E, curiosamente, a partida contra o Vitória da Conquista, domingo, será a primeira do tricolor fora de Salvador nesta edição do estadual. Isso aconteceu porque o Bahia manda seus jogos na Fonte Nova e os adversários que enfrentou como visitante (Vitória, Galícia e Jacuipense) jogam em Pituaçu.
Na opinião do meia-atacante Rhayner, que volta ao time após cumprir suspensão, isso faz pouca diferença. “Não muda muita coisa. A gente está sempre concentrado. A viagem de avião pra Conquista não é longa. Não vai fazer muita diferença”, garante. 
Pelo menos não na logística do clube e no cansaço dos jogadores. “A gente pode estrar um pouco o gramado, mas em outras ocasiões a gente foi lá e teve êxito contra a equipe deles, mesmo acostumado com o gramado da Arena Fonte Nova e de Pituaçu”, pontua. “É um jogo que a gente vai ter que ter mais cuidado com o rolar e o quique da bola. Tem que ter mais atenção nas jogadas pra cometer o mínimo de erro”.
Essa será a quarta partida do Bahia contra o Vitória da Conquista na temporada. No primeiro confronto pelo estadual, empate em 1x1 na Fonte Nova, dia 19 de fevereiro. Os outros dois foram válidos pela Copa do Nordeste, e o Bahia levou a melhor ao vencer os jogos por 1x0 e 2x1. “Estamos indo para o quarto jogo contra eles e a gente sabe a dificuldade que é jogar contra a equipe deles”, alerta Rhayner.
Lomanto Júnior será o palco da quarta partida entre Vitória da Conquista e Bahia na temporada 2014
Maxi - Recuperado de uma contusão na coxa, o atacante Maxi Biancucchi não participou do coletivo de ontem no Fazendao. Alegando cansaço muscular, ele foi poupado do treino. A princípio, nada que preocupe. Depois de dois jogos sem atuar, Maxi deve estar à disposição do técnico Marquinhos Santos para enfrentar o Vitória da Conquista.
O que ainda não está certo é se o argentino começará no banco de reservas ou se será titular - e quem sairia no caso. A situação do também atacante Rafinha é diferente. Com um edema na coxa, ele não participou do treino e dificilmente encara o Bode. O lateral-direito Galhardo e o volante Hélder seguem se recuperando de uma conjuntivite e também estão vetados. Suspenso por dois jogos, o zagueiro Lucas Fonseca será substituído por Demerson.



Matéria original: Jornal Correio*
Após seis partidas em Salvador, Bahia jogará realmente fora de casa