E. C. Bahia

Bahia deve ter surpresa para encarar o Sport no jogo de volta da Sul-Americana

No último treino antes do duelo, o técnico Sérgio Soares surpreendeu ao escalar Thales na lateral direita

Bruno Queiroz (bruno.queiroz@redebahia.com.br)
- Atualizada em

O treino era secreto, a imprensa teve acesso apenas à  entrevista com o volante Yuri e permissão para gravar só o aquecimento dos jogadores. Como em outras vezes, conseguir desvendar os mistérios de Sérgio Soares era um desafio.

Do alto de um morro em Itinga, dava para perceber que o jogador que ocupava a lateral direita não era o garoto Hayner, único da posição disponível, já que Cicinho e Adriano estão lesionados. Ao identificar de quem se tratava, um colega jornalista se espanta: “Thales, man?”. Correto.

Esta é a principal surpresa do técnico tricolor para o jogo de hoje, às 22h, contra o Sport, na Ilha do Retiro, no Recife, pela Copa Sul-Americana. Para se garantir nas oitavas de final, o Bahia precisa de um empate ou pode perder até por um gol de diferença, caso também marque pelo menos um. 




Reserva, zagueiro Thales pode voltar ao time como lateral (Foto: Arisson Marinho/Correio)


Thales esteve em campo pela última vez na goleada sobre o Boa, por 4x1, na Fonte Nova, dia 7 de agosto, substituindo Robson no segundo tempo. Dez dias antes, foi titular na derrota para o Santa Cruz, no Arruda, por 3x1, quando marcou o gol de honra da equipe. Enfrentar o Sport não é novidade para Thales. Ele  formou dupla de zaga com Titi nas duas semifinais da Copa do Nordeste, sendo, inclusive, um dos melhores em campo no 0x0 da ida, no Recife.

Como lateral-direito, no entanto, será a primeira vez, caso Soares confirme o que ensaiou. No treino de ontem à tarde, no Fazendão, Thales completou o setor defensivo com Douglas Pires, Robson, Jailton e Marlon. A boa notícia foi a presença do volante Gustavo Blanco, que teve descartada a possibilidade de cirurgia no dedo e treinou normalmente no meio-campo, ao lado de Pittoni e Souza.

Outra novidade foi a presença do atacante Maxi Biancucchi no lugar do meia Eduardo, formando trio ofensivo com Kieza e Alexandro. Se avançar, o Bahia enfrentará o vencedor do duelo argentino entre Huracán e Tigre, que fazem o jogo de ida hoje.

Correio24horas