E. C. Bahia

Com direito a recorde na elite, Bahia quer brilhar no Brasileiro

O Bahia manteve a base do ano passado, mas trouxe bons valores

Redação do Correio 24h
O Bahia entra na Série A motivado com a conquista do campeonato Baiano. O tricolor não fez um brilhante estadual, mas cresceu na hora decisiva e apresentou um futebol consistente nos clássicos contra o Vitória. Uma marca empolga o torcedor. O Bahia é o nordestino recordista de temporadas seguidas na elite, desde que o campeonato adotou a fórmula de pontos corridos, em 2003. São quatro participações, batendo as marcas do Sport e do Náutico (2007, 2008 e 2009) e do Vitória (2008, 2009 e 2010).

Do ano passado pra cá, muitas mudanças extracampo com o processo de democratização do clube. A nova gestão espera fazer um Brasileiro mais tranquilo. Nos últimos dois anos, o time brigou para não cair até o final da competição. Deixou a torcida aflita.

O Bahia manteve a base do ano passado, mas trouxe bons valores. Os volantes Pittoni e Uelliton, o meia Lincoln e o atacante Maxi Biancucchi vieram para encorpar a base formada pelo goleiro Marcelo Lomba, os zagueiros Titi e Lucas Fonseca e o volante Fahel. O clube ainda conta com o retorno do volante Feijão. Xodó da torcida, Feijão foi emprestado ao Flamengo, mas não se firmou no clube carioca.

A temporada de 2014 não começou tão boa para o tricolor. O técnico Marquinhos Santos demorou para fazer a equipe engrenar e o torcedor pegou no pé. A eliminação na fase de grupos da Copa do Nordeste, pelo segundo ano consecutivo, também ajudou a deixar o clima tenso no Fazendão.  O título Baiano deu um novo gás ao time que espera deixar de ser apenas um coadjuvante na Série A.

Matéria original: Correio 24h
Com direito a recorde na elite, Bahia quer brilhar no Brasileiro