E. C. Bahia

Com seis atletas no Departamento Médico, Bahia luta para recuperar elenco

O Tricolor terá uma semana repleta de compromissos, inclusive o primeiro Ba-Vi do Baianão 2016

Redação Correio 24h
Em uma semana repleta de compromissos, que inclui um Ba-Vi e dois jogos no mesmo dia, o time do Bahia vem sofrendo com o grande número de atletas no departamento médico. Além do artilheiro Hernane, que sofreu uma lesão no joelho durante a partida contra o Bahia de Feira, outros cinco atletas são dúvida para os próximos compromissos do Tricolor.

O médico do clube, o Dr. Luiz Sapucaia, disse em entrevista nesta segunda-feira (7) que, apesar dos muitos atletas machucados, há melhoras. "Nós estamos com um departamento bem florido esta semana, mas graças a Deus estamos caminhando bem e alguns atletas que se machucaram já começam a ter suas evoluções", disse Sapucaia.

(Foto: Reprodução/Flickr EC Bahia)

Segundo ele, o meia-atacante Danilo Pires, que sentiu a panturrilha, foi submetido a um exame de imagem nesta segunda e evolui bem. O mesmo aconteceu com o lateral-direito Tinga, que sentiu o joelho, mas já está sem dor.

Os laterais do lado esquerdao também estão no DM. João Paulo sofreu um desconforto no músculo adutor da coxa no último jogo, enquanto Moisés teve um estiramento grau 2. Ambos permanecem vetados e seguem em tratamento na fisioterapia.

Já o volante Gustavo Blanco, poupado na partida contra o Bahia de Feira, sentiu o músculo posterior da coxa. Ele também foi submetido a um exame de ressonância na semana passada e não foi constatada lesão. O atleta deverá ainda esta semana realizar a transição para o departamento de educação física e, segundo Sapucaia, em breve terá condições de jogo, inclusive para a disputa do clássico.

Correio24horas