E. C. Bahia

'Elenco deu uma resposta muito boa', diz Enderson Moreira após partida contra o Cerro

Treinador entrou em campo com um time misto e venceu o jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana por 2 a 0

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
Após o triunfo por 2 a 0 sobre o Cerro do Uruguai, na noite da última quarta-feira (25), em Pituaçu, o comandante tricolor, Enderson Moreira, falou sobre o desempenho do time em entrevista coletiva. Depois de um primeiro difícil e com pouca criatividade do Bahia, o treinador destacou a melhora de rendimento na etapa final do jogo.
(Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)
"O primeiro tempo foi abaixo do que esperávamos. A gente tem uma sequência complicada de jogos e estamos sem tempo para treinar. No jogo, os encaixes não funcionaram bem. Fizemos uma mudança de posicionamento que funcionou e até poderíamos ter saído com resultado melhor. No fim, o mais importante é que o elenco deu uma resposta muito boa, conquistamos o triunfo e levaremos a vantagem para o jogo de volta, em Montevidéu", disse Enderson.
(Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)
O treinador não falou sobre atuações individuais, mas comentou as participações do meia-atacante Marco Antônio e do volante Nilton, que voltou a atuar como titular após três meses. "Esses são jogadores que tenho aproveitado para conhecer um pouco mais. Como temos limitação grande de treinamento e são jogadores em quem a gente acredita, eles são importantes dentro do processo da equipe. A gente viu hoje uma boa apresentação dos dois", avaliou.
Com a atuação de um time, em sua maioria, reserva, o técnico falou mais uma vez sobre o revesamento dos jogadores titulares para a partida. "Não é questão de poupar atletas. Você pode imaginar: o Léo é forte, potente, você vê a atuação de domingo e a de hoje: ele jogou, mas com dificuldade. Pelo desgaste, eles não conseguem se colocar com plenitude e aí a gente faz as trocas. Temos que aproveitar o elenco. São muitos jogos".
(Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)
O jogo de volta entre Bahia e Cerro será no dia 8 de agosto, no estádio Luis Trócolli, em Montevidéu, no Uruguai. Com a vantagem conquistada na partida de ontem, o tricolor pode perder por um gol de diferença que ainda garante a vaga. Em caso de 2 a 0 para a equipe uruguaia, a decisão vai para os pênaltis. Quem passar, enfrenta o vencedor de Botafogo e Nacional, do Paraguai.
O Bahia volta a jogar na próxima segunda-feira (30), contra o Atlético-MG,  às 20h, na Arena Fonte Nova, pelo Campeonato Brasileiro.