E. C. Bahia

Em noite de Hernane, Bahia faz três no Confiança e encaminha classificação no Nordestão

Brocador marcou duas vezes e ajudou o tricolor a vencer mais uma na temporada

Gabriel Rodrigues

Quando pisou no gramado do estádio Batistão, em Aracaju, o Bahia tinha duas missões. A primeira era vencer o Confiança e tentar a classificação antecipada para a segunda fase da Copa do Nordeste. A segunda, apagar a imagem deixada durante o amistoso contra o Orlando City, nos Estados Unidos. E quando a bola rolou, o tricolor deu mostras de que não estava para brincadeira.



Letal, Hernane usou a cabeça para marcar o primeiro gol do Bahia no estádio Batistão, em Aracaju
(Foto: Jorge Henrique/Futura Press)


Com apenas dois minutos de jogo Hernane deu seu cartão de visitas. O atacante arriscou de fora da área e a bola foi pela linha de fundo. A resposta do Confiança veio com Leandro Kível, que assustou Marcelo Lomba em boa cabeçada. A equipe sergipana teve a chance de tirar o zero do marcador quando Danilo Bala escapou livre de marcação e cara a cara com Lomba não conseguiu o drible e perdeu a bola. 

Se o time de Aracaju falhou no ataque, o Bahia foi mortal. Depois do cruzamento de Hayner - que entrou improvisado no lado esquerdo no lugar do machucado João Paulo - , Hernane mostrou seu faro de gol e de cabeça mandou no fundo das redes de Rafael Sandes. Festa nas arquibancadas.


E não deu nem tempo do Confiança respirar. Seis minutos depois o mesmo Hernane aproveitou cobrança de escanteio e brocou mais um. Os tentos deixaram o Bahia tranquilo diante de um Confiança que quase não assustou Lomba no primeiro tempo. 


Na volta para a segunda etapa Doriva perdeu mais dois jogadores por problemas médicos. O volante Danilo Pires e o lateral Tinga saíram para as entradas de Paulo Roberto e Yuri. Com o resultado favorável e o desgaste por conta da maratona de jogos, o Bahia segurou o ímpeto e a partida ficou morna.  O primeiro grande lance aconteceu apenas os 20 minutos. Edigar Junio recebeu cruzamento e meio de ombro assustou Rafael Sandes. 


Dez minutos depois o próprio Edigar Junio fez a alegria da galera. Em jogada de velocidade, Hernane furou na primeira, Ney Maruim afastou mal e a bola sobrou para o camisa 11 tricolor. De fora da área Edigar Junio experimentou e acertou o canto de Rafael Sandes. Bahia 3 a 0.  


Com a fatura praticamente liquidada, o Confiança ainda assustou Lomba. Depois da confusão na área, Ney Maruim recebeu livre, com o gol vazio, mas de cabeça mandou pra fora. Minutos depois foi a vez de Izaldo aproveitar cobrança de escanteio e mandar de cabeça, mas a bola ficou nas mãos de Lomba. Sem mais pretensões na competição, o tricolor aguardou apenas o fim da partida. 


Com o triunfo, o Bahia chegou aos 12 pontos no Nordestão e lidera de forma isolada o grupo C. A classificação antecipada só não foi confirmada porque o Santa Cruz venceu a Juazeirense. O Esquadrão pode garantir a classificação para a segunda fase no complemento da rodada. Para isso, precisa torcer por um triunfo do Sport sobre o River e que o Salgueiro não vença o Campinense. Com este cenário, o time de Doriva será pelo menos o segundo melhor terceiro colocado ao fim da primeira fase.

Correio24horas