E. C. Bahia

Em três rodadas da Série A, Bahia já usou todos os zagueiros

Douglas Grolli, Becão, Tiago, Lucas Fonseca e Everson entraram em campo

Daniela Leone, do Correio 24 horas
Apenas três rodadas do Brasileirão foram disputadas, mas o Bahia já utilizou todos os zagueiros que estavam à disposição em seu elenco profissional quando a competição começou há duas semanas. Com exceção de Jackson, que ainda não está apto para jogar após duas cirurgias, Tiago, Lucas Fonseca, Douglas Grolli, Rodrigo Becão e Everson entraram em campo para defender o Esquadrão no torneio nacional. 
Grolli, Becão, Tiago, Fonseca e Everson: quinteto acionado em três rodadas (Fotos: Felipe Oliveira/EC Bahia e Arisson Marinho/CORREIO)
A utilização de cinco zagueiros em apenas três partidas não foi opção da comissão técnica. Após quatro meses de temporada, não há dúvida de que Tiago e Lucas Fonseca são os zagueiros titulares. As mudanças ocorreram mesmo por determinação médica. Com exceção de Everson, que só fez três jogos neste ano, todos os outros zagueiros já desfalcaram a equipe por contusão. 
O capitão Tiago e Douglas Grolli foram os titulares contra o Internacional, na derrota por 2x0, no Beira-Rio, na estreia do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, Lucas Fonseca estava com um desconforto na coxa e nem viajou com a delegação para Porto Alegre. Rodrigo Becão e Everson foram as opções no banco, mas não precisaram ser utilizados. 
Já recuperado, Lucas Fonseca reassumiu a posição ao lado de Tiago na segunda rodada, quando o Bahia venceu o Santos por 1x0, na Fonte Nova. Douglas Grolli voltou para o banco e ficou como única opção de zagueiro entre os reservas. Não precisou ser acionado.
O empate em 0x0 contra o Atlético-PR, registrado no último domingo (29), na Fonte Nova, teve Lucas Fonseca e Rodrigo Becão como titulares. Tiago e Douglas Grolli machucaram a coxa três dias antes, no estádio Almeidão, em João Pessoa. O capitão nem chegou a entrar em campo contra o Botafogo-PB pela Copa do Nordeste. Teve um estiramento durante o aquecimento, foi vetado pelos médicos e substituído por Rodrigo Becão. Poupado, Lucas Fonseca não havia sido relacionado. Sem reserva no banco, Grolli se manteve em campo durante os 90 minutos do triunfo por 2x1 contra a equipe paraibana, mas não conseguiu se recuperar a tempo para encarar o Atlético-PR.
Diante dos paranaenses, mais uma baixa. Revelado no Fazendão, Becão, 22 anos, teve um estiramento na coxa enquanto a bola rolava e foi substituído no intervalo por outro prata da casa. Coube a Everson, único zagueiro no banco, a missão de proteger o gol tricolor pela segunda vez no Brasileirão. O atleta, 20 anos, havia jogado pelo torneio uma única vez, em 2017, contra o Coritiba. Na ocasião, ele foi escalado por Preto Casagrande improvisado na lateral direita e falhou no gol rival no empate em 1x1, na Fonte Nova. Dessa vez, não vacilou.
Nesta segunda-feira (30), apenas dois zagueiros estão à disposição do técnico Guto Ferreira, os que terminaram em campo contra o Atlético-PR: Lucas Fonseca e Everson. Como o Bahia já tem compromisso na quinta-feira (3), o treinador pode precisar recorrer à base para compor o banco diante do Botafogo-PB, em Pituaçu, no jogo das 21h45, que definirá o time que avança às semifinais da Copa do Nordeste. O tricolor venceu a partida de ida por 2x1, em João Pessoa. 
Emprestado ao Bahia de Feira no início do ano, o zagueiro Bolívia, 20 anos, está de volta ao Fazendão. A zaga da equipe sub-20 é formada por Lucimário e Eduardo, mas eles não treinam com regularidade entre os profissionais. 
Tiago, Rodrigo Becão e Douglas Grolli já estiveram no Fazendão na manhã desta segunda-feira. Sem dor, Tiago realizou uma atividade de fortalecimento muscular na academia, mas segue como dúvida para o jogo contra o Botafogo-PB.
"Ele teve uma lesão na coxa esquerda, um estiramento leve, e está desde ontem sem dor. Mesmo estando sem dor, é duvida para quinta-feira, porque em se tratando de lesão grau 1, o limite mínimo de tratamento seria de sete dias de tratamento. Portanto, ele é dúvida pra quinta", explica o médico Rodrigo Daniel.
Grolli e Becão fizeram tratamento de fisioterapia. O primeiro tem chance de enfrentar o Botafogo-PB, mas o segundo está praticamente vetado. "Grolli ontem ainda tinha dor na região. A depender da melhora clínica, a gente vai tentar recuperar o jogador para quinta-feira, mas também é duvida", alerta o médico. "Becão sofreu um possível estiramento na musculatura posterior da coxa esquerda, saiu do jogo com muita dor e assim se manteve no vestiário quando foi reavaliado. Ele deve fazer uma ressonância amanhã, mas dificilmente vai estar à disposição de Guto para quinta-feira", completa.