E. C. Bahia

Enderson ressalta amadurecimento do time e mira no Palmeiras

O primeiro jogo entre Bahia e Palmeiras foi na Fonte Nova e terminou em 0 a 0. Isso quer dizer que quem vencer no Pacaembu garante a vaga. Novo empate com qualquer placar, segundo regras da competição, a disputa será por pênaltis

Redação iBahia
- Atualizada em

Depois de vencer o América-MG no sábado, o Bahia tem pela frente o Palmeiras, pela Copa do Brasil. O jogo da quinta-feira (16), em São Paulo, vale vaga na semifinal da competição. Para o técnico Enderson Moreira, o Bahia vem numa crescente e pode surpreender na casa do adversário. 

Queria ressaltar que embora não tenhamos vencido os últimos jogos, com alguns empates, a gente sempre saiu de campo merecedor de um resultado melhor, atuando para vencer as partidas, com mais posse de bola, chutando muito em gol… A equipe está amadurecendo e isso é importante para essa sequência que temos aqui para frente. Os jogadores estão muito mais tranquilos, sabendo ser ofensivos e agressivos, mas tendo a paciência de conseguir abrir os espaços, rodando o jogo, mesmo com todo o desgaste. Também não podemos nos entusiasmar demais… Cada jogo tem sua história e temos que mirar o próximo agora”, avaliou.

O primeiro jogo entre Bahia e Palmeiras foi na Fonte Nova e terminou em 0 a 0. Isso quer dizer que quem vencer no Pacaembu garante a vaga. Novo empate com qualquer placar, segundo regras da competição, a disputa será por pênaltis. Apesar da empolgação, o treinador ressaltou a rotina desgastante do Bahia neste momento, com vida em três competições.

“Vocês não sabem a semana difícil que tivemos. Foi uma dura viagem, com uma partida difícil… E precisamos muito do trabalho dos massagistas, fisioterapeutas, nutricionista, fisiologistas, enfim, de todos nós, para recuperar esse time e jogar com a intensidade que atuamos hoje. Estão todos de parabéns e sobretudo nossos torcedores, que mais uma vez nos apoiaram do início ao fim”, concluiu.