E. C. Bahia

'Eu não me demitiria', diz Guto Ferreira

Torcedores presentes na arquibancada da Fonte Nova gritaram 'Adeus, Guto' durante quase todo o jogo contra o Altos

Daniela Leone, do Correio 24 horas (daniela.leone@redebahia.com.br)
O Bahia goleou o Altos por 5x2, na terça-feira (20), na Fonte Nova, pela Copa do Nordeste, mas o placar não calou os tricolores presentes na arquibancada do estádio. Insatisfeitos com o desempenho do time no começo da temporada, parte dos 5 mil torcedores presentes gritou "Adeus, Guto" durante quase todo o jogo pedindo a demissão do treinador Guto Ferreira. O técnico falou sobre o assunto durante a entrevista coletiva após o apito final.
Guto Ferreira comenta pedido de demissão da torcida (Foto: Felipe Oliveira/ Divulgação ECBahia)
"Eu não me demitiria", avaliou. "Acredito naquilo que a gente está fazendo. Acredito sim em tudo o que estamos trabalhando no dia a dia. Sabemos das dificuldades, e eu não vou aqui colocar nada como desculpa. Seguindo nessa linha, vamos seguir tendo dificuldades, mas vamos seguir superando as dificuldades e vamos atingir o que a gente busca. Tenho condições de tirar o melhor e a direção também visa situação de melhora", afirmou Guto Ferreira.
O triunfo contra o Altos manteve o Bahia na segunda colocação do Grupo C da Copa do Nordeste, só que agora com nove pontos, a um do líder Botafogo-PB, que enfrentará o Náutico na quinta-feira (22), às 21h15, na Arena Pernambuco. Se o time pernambucano perder ou empatar, o Bahia garantirá a classificação antecipada para as quartas de final do torneio regional e entrará em campo contra o Botafogo-PB na última rodada apenas para brigar pela primeira posição do grupo. 
"Com certeza eu não estou preocupado. O que vier, vamos ter que decidir por nós. Logicamente que um empate seria ótimo. Nos daria a condição de brigar pelo primeiro lugar e nos garantiria a classificação. Não tenho o hábito de secar ninguém. Vou assistir ao jogo para anotar tudo o que tenho que anotar, para montar a estratégia", disse Guto Ferreira, referindo-se à partida entre os rivais.
Antes de voltar a jogar pelo Nordestão, o Bahia entra em campo pelo Campeonato Baiano, domingo (25), às 16h, contra a Juazeirense, na Fonte Nova. A partida vale vaga na final do estadual. O primeiro jogo da semifinal, disputado no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, terminou em 0x0, e o tricolor joga por outro empate por ter feito melhor campanha.