E. C. Bahia

Guto fala sobre gols perdidos e promete time forte no Ba-Vi

Técnico comentou ainda sobre importância do retorno de Nino ao time

Fernanda Varela, do Correio 24h (fernanda.varela@redebahia.com.br)

Bom volume de jogo, triunfo, vantagem revertida. Em teoria, o torcedor do Bahia só teria motivos para sorrir após o primeiro clássico Ba-Vi da final do Campeonato Baiano, quando o tricolor venceu por 2x1, na Fonte Nova. Com o resultado, o tricolor leva o título em caso de empate. Ao Vitória, agora é necessário um triunfo por qualquer placar. O problema é que, apesar do bom jogo feito pelo Esquadrão, a quantidade de gols perdidos irritou.

Foto: Felipe Oliveira | E.C Bahia

Só na cara do gol, foram duas oportunidades perdidas, ambas com Zé Rafael, que não estava em um dia inspirado. No fim do primeiro tempo, Marco Antônio driblou Lucas duas vezes e cruzou rasteiro para Zé, mas o atleta não conseguiu completar para o fundo do gol. Já nos minutos finais da segunda etapa, foi a vez de João Pedro cruzar para a área e o atacante, sem conseguir dominar direito, deixar a bola com Fernando Miguel.


Após o jogo, o técnico Guto Ferreira comentou as chances desperdiçadas. "O Bahia produziu bastante, porque foi uma equipe guerreira, que se superou, e faltaram detalhes. Quem sabe no próximo a gente consiga manter esse volume e a sorte vai nos sorrir mais. A equipe está produzindo, criando, chegando, mesmo com todas as dificuldades do calendário. Correu para caramba, fez um baita de um jogo e saiu com vantagem", ponderou o técnico, que prometeu uma equipe forte para o jogo de volta, domingo (8), às 16h, no Barradão.

"Fizemos um placar importante, revertemos a vantagem, que não é definitiva. Vamos ter que repetir outro jogo e buscar consolidar essa vantagem para poder levantar o caneco. Vamos chegar 100%, de tanque cheio, para que a gente possa ter equipe equilibrada, intensa", acredita ele, que comemorou o retorno de Nino Paraíba à equipe. O lateral ficou fora do primeiro clássico porque foi expulso na semifinal, contra a Juazeirense. "Nino vem em uma fase maravilhosa, mas João Pedro fez uma partida muito boa. Nino foi decisivo contra o Botafogo-PB, mas temos que ressaltar a grande partida de João. É buscar da melhor forma possível esse tempo, projetando em cima de erros que tivemos, para poder no jogo de domingo fazer outra grande partida", completou.