E. C. Bahia

MGF tentou separar briga entre irmão e antigo sócio da família

Fonte próxima ao ex-presidente deu detalhes do episódio ocorrido na quinta-feira, na Bahia Marina

Redação iBahia (esportes@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
Fonte próxima ao ex-presidente do Bahia, Marcelo Guimarães Filho, esclareceu ao iBahia Esportes as notícias sobre uma briga da qual ele teria participado na quinta-feira (17), no estacionamento de um restaurante na Bahia Marina. A fonte confirmou a confusão, mas disse que Marcelo Filho tentou separar uma briga entre seu irmão, Marcos Guimarães, e um antigo sócio da família, Jairo Almeida. "Eles eram sócios e houve desentendimento entre eles, comercialmente falando, e se afastaram. Houve a briga pelos mesmos motivos do passado. Não tem nada a ver com o Bahia ou com torcedores", disse. Ele afirmou também que somente Marcelo Filho, o irmão, o amigo e o ex-sócio participaram da confusão. Não havia presença de mulheres.Nas redes sociais, torcedores do Bahia ironizaram o episódio, relatado por quase toda imprensa baiana. Marcelo Guimarães Filho foi deposto do cargo de presidente do Bahia em julho do ano passado e, desde então, tenta retornar ao posto através da justiça. Recentemente, ele entrou com uma nova ação no Superior Tribunal de Justiça (STJ).