E. C. Bahia

Na Copa do Brasil, Bahia tenta fazer história contra o Palmeiras nesta quinta (16)

Tricolor vai em busca de classificação inédita para as semifinais da competição nacional; partida está marcada para 19h15, em São Paulo

Gabriel Lopes (gabriel.freitas@redebahia.com.br)

Após a vitória do último sábado (11), diante do América-MG, pelo Campeonato Brasileiro, o elenco do Bahia teve três dias para se preparar para o confronto decisivo contra o Palmeiras. A partida de hoje (16) vale uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil, feito que nunca foi alcançado pelo Tricolor.

O jogo de ida, realizado na Arena Fonte Nova, terminou 0 a 0. Para avançar, o Bahia precisa vencer a equipe paulista por qualquer placar. Em caso de um novo 0 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis. A partida está marcada para 19h15, no Pacaembu, em São Paulo.

(Foto: Felipe Oliveira / ECBahia)

Enderson Moreira conta com o retorno do lateral-esquerdo Léo, que foi desfalque no primeiro jogo por suspensão, e o meia Marco Antônio, que já está recuperado de dores no pé. Os recém-chegados Clayton (atacante) e Paulinho (lateral-esquerdo) foram contratados depois do prazo de inscrição da competição e não estão disponíveis.

Mais uma chance de fazer história
Contra o Palmeiras, os jogadores do Bahia terão a chance de fazer história pelo clube, avançando para as semifinais do torneio nacional pela primeira vez. Em 27 participações na Copa do Brasil, o tricolor disputou as quartas de final outras cinco vezes. Confira o histórico:

1989 (Grêmio foi o campeão)
Bahia X Grêmio (0-2)
Grêmio X Bahia (1-0)

1990 (Flamengo foi o campeão)
Bahia X Flamengo (1-1)
Flamengo X Bahia (1-0)

1999 (Juventude foi o campeão)
Juventude X Bahia (2-2)
Bahia X Juventude (2-2) (1-4 pênaltis)

2002
Atlético-MG X Bahia (2-1)
Bahia X Atlético-MG (4-3)

2012
Bahia X Grêmio (1-2)
Grêmio X Bahia (2-0)


Sequência invicta e embalo da torcida
Além de brigar por uma vaga inédita, o grupo comandado por Enderson Moreira defende uma sequência invicta: são oito jogos sem perder, dividindo-se entre Sul-Americana, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. A última derrota foi para o Vasco, por 2 a 0, no dia 16 de julho, pela Copa do Brasil. De lá para cá, o Esquadrão conquistou três triunfos (Vitória, Cerro e América-MG), e empatou cinco vezes (Chapecoense, Atlético-MG, Palmeiras, Fluminense e Cerro). Nesse período, o tricolor balançou as redes 12 vezes e sofreu seis gols.

O elenco embarcou para São Paulo na tarde de ontem (15) e foi recepcionado pela torcida. Com cartazes, mensagens motivacionais e gritos de guerra, centenas de torcedores se juntaram para receber o ônibus da delegação.

(Foto: Felipe Oliveira / ECBahia)