E. C. Bahia

Observado por outros clubes, Jean garante foco total no Bahia

Destaque do tricolor no Brasileirão, goleiro diz que quer fazer história e colocar o clube na Libertadores

Gabriel Rodrigues, do Correio 24h

Se na máxima do futebol todo bom time começa por um bom goleiro, o Bahia pode se considerar bem servido na posição. Cria das divisões de base, Jean é um dos destaques e tem fechado o gol tricolor no Campeonato Brasileiro. Diante do Sport, domingo, às 16h, na Fonte Nova, ele se tornará o único jogador do elenco a atuar em todas as 17 partidas na competição. 

“Tenho só que agradecer a Deus, esperei muito por essa oportunidade de jogar no Bahia, seja no ano passado na Série B, ou hoje na Série A. Estar na Série A é um sonho e poder jogar todos os jogos, mantendo a regularidade, que eu prezo. Tenho que a agradecer a Deus e a minha família”, afirmou o goleiro. 

Jean, 21 anos, é um dos destaques do Bahia no Campeonato Brasileiro. Atuações já renderam sondagens de outros clubes. O Benfica, de Portugal, está de olho no goleiro do Esquadrão (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

O bom momento de Jean tem contribuído para o desempenho do Bahia no Brasileirão. No triunfo por 2x0 sobre o Atlético Mineiro, na 15ª rodada, ele parou o atacante Fred e viu o técnico Jorginho pedir o seu nome na Seleção Brasileira. 

As boas atuações chamaram a atenção até de equipes europeias, como o Benfica, por exemplo. Torcedor declarado do Bahia, o goleiro garante, no entanto, que quer permanecer no Fazendão e fazer história com a camisa tricolor.

“Estou muito tranquilo, focado no Bahia. As sondagens, se aparecerem, eu deixo para o Bahia e o meu empresário resolverem, não estou preocupado em ir embora, estou focado, jogar a Série A é um sonho que eu estou realizando e quero jogar sempre bem para ajudar o Bahia, fazer história e colocar o clube na Copa Libertadores”, disse, confiante.


Encontro com o ídolo

O duelo contra o Sport vai marcar também o encontro de Jean com o ídolo Magrão. O goleiro rival, que ainda é dúvida para o confronto em Salvador, desperta a admiração do camisa 1 tricolor. Os dois, inclusive, estão em pontos opostos quando o assunto é idade. Enquanto  Magrão, 40 anos, é o goleiro mais velho atuando no Brasileiro, Jean é o mais jovem entre os titulares, com apenas 21. 

“Muitas coisas que ele (Magrão) tem eu queria ter. Se eu chegar na idade dele jogando, vai ser uma grande honra, ele é um goleiro excepcional, sou admirador do trabalho dele. Uma coisa que eu não tive a oportunidade foi a de trocar de camisa com ele. Na final, eu comemorei bastante e acabei esquecendo. Nesse jogo, que ele possa trocar de camisa comigo para eu ter a de mais um ídolo guardada”, explicou Jean, se referindo ao duelo da final do Nordestão.