E. C. Bahia

'Quer pedir minha saída? Não tem problema', diz Guto após triunfo

Técnico tricolor reconhece que equipe decepcionou contra o Atlântico

Vitor Villar, do Correio 24h

Guto Ferreira mostrou força na coletiva de imprensa após o triunfo magro sobre o Atlântico, lanterna do Campeonato Baiano, neste domingo (25), por 2x1. Para ele, as vaias e o coro de ‘adeus, Guto’ após o apito final não atrapalham o trabalho.

Treinador diz que segue convicto do trabalho no Fazendão (Felipe Oliveira / EC Bahia)

“Eu já falei sobre isso aqui. Nessa passagem, não tenho direito de reclamar. O torcedor está no direito dele de reclamar. Quer pedir minha saída? Não tem problema, a gente continua tranquilo em relação ao trabalho que vem fazendo. O mais importante é que nada vai atrapalhar a nossa convicção de estar fazendo o melhor trabalho pelo Bahia”, disse.

O comandante tricolor reconhece que sua equipe fez um jogo sofrível, e que merece críticas por isso. “A gente sabe que existem etapas e degraus que a gente vai avançando. E que bom que a gente conseguiu avançar essa etapa sem uma derrota, não é? Conseguimos o triunfo no final que é de suma importância para a classificação”, disse.

O treinador garantiu que durante a semana vai cobrar dos jogadores reservas que tiveram oportunidade, como Allione e Régis. “Eles são cobrados por desempenho, também. Tenha certeza que nisso a gente não está aliviando. Nós damos a oportunidade a eles e depois cobramos. Tenha certeza que os que entraram  vão avançar e chegar no estágio que a gente quer”, concluiu.