E. C. Bahia

Veja quais as opções de Jorginho para o lugar de Souza; opine

Camisa 9 tricolor se machucou no empate com o Náutico e não enfrentará o Atlético-GO em partida que vale a permanência na Série A

Miro Palma (miro.palma@redebahia.com.br)
- Atualizada em
Ausência de Souza deixa Jorginho pensando em substituto durante a semana. Em quem você apostaria?


São seis alternativas e, mesmo assim, o técnico Jorginho terá dor de cabeça para escolher o substituto do artilheiro Souza no jogo decisivo de domingo, às 16h, contra o Atlético-GO, no Serra Dourada. O Caveirão, artilheiro do time no ano com 27 gols, sofreu mais uma lesão na coxa e só retorna em 2013. Júnior, Ciro, Rafael, Jones, Cláudio Pitbull e Elias estão na disputa pela vaga. O problema, porém, é que todos eles estão bem longe de cair nas graças do torcedor.


Juntos, os seis atacantes fizeram apenas 23 gols. O número só não é pior por causa de Júnior, autor de 13 tentos na temporada. O camisa 99, ao menos até o momento, está fora dos planos, já que sequer sentou no banco sob o comando de Jorginho. Elias e Jones são os preferidos do treinador, mas vivem situações semelhantes. O primeiro só marcou um gol pelo Esquadrão, no dia 17 de junho, quando o Bahia bateu o Sport por 2x1, na quinta rodada da Série A. Jones, por sua vez, fez dois contra o Vasco, no dia 9 de setembro. De lá pra cá, nada.


Cláudio Pitbull só balançou as redes uma vez em sete partidas e também continua preterido pelo comandante. Ciro, três gols em 2012, até sentou no banco nas últimas rodadas, porém não  veste a camisa tricolor há 23 rodadas. Rafael Gladiador segue no eterno ioiô entre o profissional e o time júnior. Ele, inclusive, está escalado pro jogo desta terça, contra o Atlético-MG, válido pela Copa do Brasil sub-20. Lulinha volta de lesão e não tem condições de jogo.


Só 36 - O mau desempenho dos atacantes se reflete na tabela. Embora 16º colocado, o Bahia tem o pior ataque entre os 20 clubes da competição, com apenas 36 gols marcados. Ainda bem, pois um simples 0x0 em Goiânia garante a permanência tricolor na Série A.


Sem contar com Souza, Jorginho tem seis opções. Nenhuma encanta