E. C. Vitória

'A atmosfera é muito negativa, carregada', lamenta Chamusca após eliminação

Permanência do treinador deve ser definida na tarde desta segunda-feira (18)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A derrota para o Fluminense de Feira por 2 a 0, no Barradão, no último domingo (17), pelo Campeonato Baiano, agravou ainda mais a crise que o Vitória enfrenta no início da temporada. Com o resultado, o Leão se despediu do estadual ainda na primeira fase.

Após o confronto, o treinador Marcelo Chamusca afirmou que a situação gera um desgaste emocional. “Meu estado emocional agora, e de tudo que vem acontecendo... Sem conseguir vencer, tenha certeza que essa estatística que estou vivendo no Vitória é muito triste e me traz um desgaste emocional. Um quadro como esse é quase surreal. A atmosfera é muito negativa, carregada. É muito difícil vivenciar um momento como esse”, disse o técnico.


A permanência de Marcelo Chamusca no comando no Vitória deve ser definida na tarde desta segunda-feira (18). O rubro-negro também acumula resultados ruins na Copa do Nordeste e uma eliminação para o Moto Club na primeira fase da Copa do Brasil.

Incomodado com as críticas, Chamusca disse que não pode levar a culpa da má fase sozinho. “O clube tem todo direito de demitir, mas não pode culpar só o treinador, há muitos aspectos que vão além”, afirmou.

O próximo compromisso do Leão é contra o ABC, no sábado (23), às 16h, pela Copa do Nordeste. O Vitória ocupa a quinta posição do grupo A.