E. C. Vitória

A seis rodadas do fim, saiba o que o Vitória precisa fazer para não ser rebaixado

Com 34 pontos, rubro-negro ocupa a 17ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Com a briga contra o rebaixamento pegando fogo, o Vitória tem uma difícil missão nas próximas partidas do Campeonato Brasileiro. Com 34 pontos ganhos, o rubro-negro voltou para o Z4 após o Sport vencer o Ceará na última segunda-feira (5). 

A seis rodadas do fim do Brasileirão, o número da vez para escapar da queda é 45 pontos, segundo o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Para alcançar a pontuação, o Leão precisa vencer quatro das próximas seis partidas, ou conquistar três triunfos e empatar pelo menos duas vezes. Ainda de acordo com o Departamento de Matemática da UFMG, o clube baiano tem 73,2% de ser rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro. 

(Foto: Maurícia da Matta / ECVitória)

No caminho, o Vitória terá três jogos em casa (Bahia, Atlético-PR e Grêmio) e três fora de seus domínios (Sport, Cruzeiro e Palmeiras). O próximo compromisso do Leão é o clássico BaVi. A partida será realizada no domingo (11), às 16h, no Barradão, e é válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sob novo comando
Na tarde desta terça-feira (6), a diretoria do clube informou que Paulo Cézar Carpegiani não é mais técnico do Vitória. João Burse comanda a equipe interinamente até o final da competição.

Confira o comunicado oficial:

"O Esporte Clube Vitória comunica a rescisão de contrato com o técnico Paulo Cézar Carpegiani. O Clube Rubro-Negro agradece ao treinador pelos serviços prestados durante a sua passagem pelo comando do Leão da Barra e deseja sucesso em sua carreira".

Em sua terceira passagem pelo Vitória - havia treinado o time em 2009 e 2012 -, Carpegiani esteve à frente do time em 14 jogos. Venceu quatro, empatou três e perdeu sete, aproveitamento de 35%.