E. C. Vitória

Após goleada, Benazzi garante mesmo time para pegar o ABC

Técnico elogia atuação do time no Barradão e não pretende promover alterações, apesar da provável volta de Neto Coruja

Da Redação (esportes@portalibahia.com.br)
- Atualizada em
Benazzi gostou do que viu no Barradão na noite de terça

"Em time que está ganhando não se mexe". Essa famosa frase resume bem a ideia do técnico Vágner Benazzi, que não pretende mudar o time que goleou o Duque de Caxias, no Barradão, para encarar o ABC, em Natal. Para o treinador, não há motivo que justifique alteração neste momento."Logicamente que tudo correndo bem... Acho que não tem muito que inventar quando as coisas estão dando certo. Vamos analisar e ver o Uelliton que sentiu um incomodo", disse o treinador na entrevista coletiva depois da vitória por 5 a 1. Porém, ele já não precisa mais se preocupar. Uelliton não é dúvida para o confronto contra o ABC. "Ele está bem", garante o médico Rodrigo Vasco da Gama, que observou o volante na manhã desta quarta-feira (14).Contra o Duque, o Vitória entrou em campo com Fernando; Nino Paraíba, Alison, Maurício e Fernandinho; Uelliton, Preto, Felipe e Geovanni; Marquinhos e Neto Baiano. Apesar da garantia do técnico em manter o mesmo time, os volantes Zé Luís e Neto Coruja se recuperam de lesão e podem se tornar opções para o comandante do Leão.


Na reapresentação, os atletas que atuaram durante toda a partida da noite de terça corream em volta dos gramados da Toca do Leão por 20 minutos e fizeram execícios de fortalecimento muscular na academia. Os outros fizeram uma atividade física com o preparador físico Ednilson Sena. O time volta a treinar às 15h desta quinta-feira. A partida contra o ABC acontece sábado (17), às 16h20, no Frasqueirão.


Goleada - Para Benazzi, o bate-papo com os jogadores antes da partida foi fundamental para o time manter o ritmo e vencer o Duque de Caxias com um placar elástico. "A gente teve uma reunião muito forte com os jogadores para tomar cuidado, principalmente nesses jogos quando os adversários estão brigando para cair porque as coisas se tornam difíceis. Isso deu resultado, o pessoal entrou determinado e espero que ocorra de novo e a gente consiga sempre dar alegria e o nosso torcedor tenha confiança no time".


Depois da vitória, o técnico rubro-negro espera que o time mantenha o embalo. "Vencemos bem e convecemos e ninguém sofre mais do que a família quando a gente não consegue vencer. Tomara que a gente continue conseguindo bons resultados dentro e fora de casa para no final brigar por essa vaga. Estamos fazendo a coisa certa e com carinho".