E. C. Vitória

Após levar virada em casa, Chamusca diz que não entrega o cargo no Vitória

Apesar da derrota, o Vitória segue como o líder do Campeonato Baiano, com 12 pontos

Redação iBahia

O Vitória sofreu mais um revés na temporada e dessa vez de forma ainda mais dolorosa: de virada, em casa, contra o Atlético de Alagoinhas. Após abrir o placar, o Leão viu o jogo terminar em 2x1 para o time do interior, em pleno Barradão. 

Foto: Maurícia da Matta / E.C Vitória

Depois da partida, o técnico foi o principal alvo das críticas da torcida. Em coletiva, no entanto, o comandante garantiu que não deixa o clube. “Não vou entregar o cargo. Não tenho intenção nenhuma de fazer isso, principalmente após uma derrota. Eu sabia do tamanho do desafio, mas nunca esperei que meu time fizesse um jogo tão ruim como esse”, disse.

Chamusca ainda garantiu que recebeu propostas de outros times e que não se preocupa com esse tipo de especulação. “Mas eu não me preocupo com cargo porque, modéstia à parte, eu tenho mercado. Na semana passada, por exemplo, fui sondado por duas equipes. Me preocupo com o time ter uma performance melhor e não passar a vergonha que a gente passou”, completou.

Apesar da derrota, o Vitória segue como o líder do Campeonato Baiano, com 12 pontos. A próxima partida pela competição é o clássico Ba-Vi, no dia 10 de março, na Arena Fonte Nova.