E. C. Vitória

Baianão: Vitória encara o Conquista nesta quarta-feira (24), às 20h45, no Lomanto Júnior

A tendência é que o técnico Vagner Mancini não mexa na equipe

Fernanda Varela, do Correio 24 horas (fernanda.varela@redebahia.com.br)
O tropeço na estreia do Campeonato Baiano, após empatar em 2x2 com a Juazeirense, no Barradão, já é passado na Toca do Leão. Agora, o Vitória vai em busca do seu primeiro triunfo na competição. Nesta quarta-feira (24), às 20h45 (TV Bahia), o rubro-negro encara o Vitória da Conquista, no estádio Lomanto Júnior, em Conquista.
Goleiro Fernando Miguel será titular contra o Vitória da Conquista (Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória)
Atual campeão invicto, o Vitória é um dos favoritos ao título e briga pelo tricampeonato estadual. Mas, se por um lado o Leão chega imponente ao Baianão, por outro precisa fincar os dois pés no chão, já que vai enfrentar o líder da competição, que estreou com um 3x1 em cima do Atlântico, fora de casa.
Provável titular para o confronto, o volante Fillipe Soutto admite que o Vitória da Conquista é um dos adversários que fazem com que o elenco fique mais em alerta. “É um jogo que requer mais atenção, principalmente pelo momento que a equipe deles vive. Ao mesmo tempo, sabemos em que condição estamos. Começamos a pré-temporada depois deles, então temos que respeitar nossos limites, mas, por sermos uma equipe grande, também temos grandes responsabilidades no campeonato”, avisa. 
A tendência é que o técnico Vagner Mancini não mexa na equipe e mande a campo um time formado por Fernando Miguel, Lucas, Wallace, Kanu e Bryan; Uillian Correia, Fillipe Soutto e Yago; Neilton, Kieza e Tréllez. 
Encaixado
A manutenção de uma base é um dos maiores trunfos do rubro-negro para chegar forte no estadual. Em relação ao time que terminou atuando no ano passado, as novidades são apenas Lucas e Bryan. 
Soutto explica a importância de não começar um trabalho do zero e ter bom entrosamento com os companheiros. “Entrosamento é uma coisa que a sequência de jogos e treinos vai fazer que aconteça. Temos que encurtar esse tempo com conversas, análises de jogo, mas temos uma base do ano passado e tem que tirar proveito disso”, opina.
O Vitória é o 4º colocado do Baiano, com um ponto.