E. C. Vitória

Desconhecido pela torcida, Bruno Bispo pode estrear pelo Leão

Garoto nunca jogou como profissional, mas já esteve no banco em 17 rodadas esse ano

Fernanda Varela, do Correio 24h
- Atualizada em

Bruno Bispo. Quem? O nome é pouco conhecido para o torcedor do Vitória, mas a apresentação do jovem zagueiro, de 21 anos, finalmente deve acontecer formalmente. Sábado, às 19h, quando o rubro-negro  entrará em campo para enfrentar o Avaí, o placar do Barradão deve anunciar o nome do garoto entre os 11 titulares. Na quarta-feira (9), ele foi testado na vaga de Wallace, suspenso.

Caso seja realmente mantido equipe, Bruno deixará seu lugar de espectador do jogo e fará sua estreia no futebol profissional. A primeira vez que ele foi convocado para o banco de reservas foi em agosto do ano passado, quando Vagner Mancini também era técnico do Vitória. Na época, o Leão encarou o América Mineiro na Fonte Nova e venceu por 2x1.


Nessa temporada, o jogador, que é canhoto e nasceu em Aracaju, ficou no banco de reservas em 17 jogos, mas não entrou em nenhum. E nem era esperado que isso acontecesse esse ano. Pelo menos não pelo Vitória. Em meados de junho, quando o então diretor de futebol Petkovic divulgou uma lista de atletas que não faziam parte dos planos para o restante da temporada, o nome dele estava lá. Como não foi negociado, seguiu na Toca do Leão, até que, finalmente, as coisas começaram a mudar.

Confira a classificação da série A no Brasileirão.

Bruno Bispo era o sexto e último da fila de zagueiros no elenco. À disposição, estavam Kanu, Fred, Alan Costa, Renê Santos e Ramon. Depois, o clube ainda contratou Wallace, que fez o garoto cair para o 7º lugar da fila de espera. De tanto esperar, ele chegou lá.

Contra o Avaí, Kanu perdeu Wallace, sua dupla, suspenso. Além disso, Fred recupera a forma física, Alan Costa negocia com o Goiás e Renê Santos, em má fase, não deve ser utilizado. Já Ramon tem jogado de volante desde que o treinador Vagner Mancini voltou à Toca do Leão. Bom para Bruno que, enfim, pôde aparecer na equipe titular.



Mais mudanças
Bruno não foi a única novidade do time que Mancini esboçou. Além dele, o lateral-direito Patric entrou improvisado como meia na vaga de Yago, que também cumprirá suspensão diante do Avaí. Uillian Correia, que volta de suspensão, também entrou no time, na vagd e Fillipe Soutto.

Na lateral esquerda, Juninho recuperou o espaço e mandou Geferson para o banco. Por causa de uma virose, ele foi cortado do jogo contra o Flamengo, na rodada passada, quando o time venceu por 2x0, no estádio da Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro.

Com as mudanças, o time titular deve ser formado por Fernando Miguel, Caíque Sá, Kanu, Bruno e Juninho; Ramon, Uillian Correia e Patric; David, Neilton e Tréllez.

Ontem, o dia teve treino e trabalho pesado, mas também rolou muita resenha durante a atividade. Aniversariante do dia, Caíque Sá tentou fugir e até escalou um dos morros do centro de treinamento, mas não escapou dos companheiros. Quando voltou, ele, que completou 25 anos, foi recebido com um banho de ovos e farinha pelo elenco.