E. C. Vitória

Kanu leva puxão de orelha e cancela Instagram após 'falar demais'

'Ele viu que falou besteira', conta Uillian Correia sobre declaração do zagueiro antes do jogo contra o São Paulo

Daniela Leone, Correio 24 horas (daniela.leone@redebahia.com.br)

O zagueiro Kanu levou um puxão de orelha dos companheiros rubro-negros pelo que declarou antes da partida contra o São Paulo: “Vamos trabalhar durante a semana para atropelar o São Paulo”, postou o jogador em sua conta pessoal no Instagram na semana passada. As palavras ganharam força após a derrota por 2x1 contra a equipe paulista no último domingo (17), no Barradão, e foram rebatidas pelo meia Petros na saída do campo.

Kanu foi repreendido por ter dito que ia "atropelar" o São Paulo (Maurícia da Matta / EC Vitória)

“Eu não gosto desse tipo de coisa, mas queria falar pro jogador do Vitória, seu Kanu, que pra ele atropelar quem trabalha, quem é pai de família e quem depende disso aqui, ele tem que fazer muito mais. E tem que respeitar a camisa do São Paulo, porque aqui só tem pai de família, só tem quem trabalha. E esse pessoal vai voltar a respeitar o São Paulo porque o São Paulo é muito grande. Promessa minha. Seu Kanu, pro senhor: time grande, máximo respeito pela camisa do São Paulo”, afirmou Petros. 

O volante Uillian Correia contou que pediu ao zagueiro que tome mais cuidado com as declarações a partir de agora. “A gente conversou com ele, ele viu que falou besteira, que não devia ter falado. A gente não pode dar armas para os adversários. Claro que não foi por isso que perdemos. Nossa atitude em campo que determinou o placar do jogo. Mas a gente já conversou com ele e com o grupo todo, para não dar armas para ninguém”, afirmou Correia.

Depois do ocorrido, Kanu suspendeu sua conta no Instagram. Com 26 pontos, o Vitória é o vice-lanterna do Brasileirão e enfrenta o Atlético-MG domingo (24), às 19h, no estádio Independência, em Belo Horizonte.  

Treino

O elenco do Vitória se reapresentou na manhã desta terça-feira (19), na Toca do Leão. Os jogadores que foram titulares contra o São Paulo fizeram apenas um treino regenerativo. Os demais atletas participaram de um coletivo em campo reduzido.

Ainda se recuperando de contusão, o volante Willian Farias não participou das atividades com o grupo, mas calçou chuteiras na parte final do treinamento e entrou no gramado para treinar de leve com bola em separado.

O Vitória terá seis desfalques na partida contra o Atlético-MG. O lateral-direito Caíque Sá se machucou diante do São Paulo, ainda não foi vetado pelos médicos do clube, mas não deve ter condições de jogo. Willian Farias e José Wellison seguem se recuperando de lesão. O técnico Vagner Mancini também não poderá contar com Yago, Patric e Cleiton Xavier, suspensos.