E. C. Vitória

Mancini se irrita com repórter após triunfo: 'Você é corintiano?'

Técnico se incomodou com afirmação de que Vitória teve só uma chance de gol

Vitor Villar, do Correio*
O técnico Vagner Mancini se irritou com um jornalista de São Paulo na coletiva após o triunfo do Vitória por 1x0 sobre o Corinthians em pleno Itaquerão neste sábado (19). O resultado tirou a invencibilidade o Timão, que já durava 34 jogos.
O repórter pediu para o técnico comentar a estratégia do Vitória, que, na visão dele, havia criado apenas uma oportunidade clara de gol durante todo o jogo. Mancini retrucou: “Uma finalização? Você estava no estádio? Assistiu ao jogo? Você vai me desculpar, mas ou você é corintiano, ou...”, disse antes de ser interrompido pelo jornalista, que tentou se explicar.
Mancini, então, enumerou as chances claras do Vitória na partida – quatro, segundo ele – e pediu para o jornalista enumerar as do Corinthians – citando duas. 
O comandante rubro-negro prosseguiu: “Então o Corinthians, que teve 80% de posse de bola, criou duas chances de gol. O Vitória, que teve 20% de posse de bola, criou quatro chances de gol. Então tudo o que você havia me perguntado caiu por terra”.
Por fim, Mancini criticou: “Estou contestando a sua visão porque você está sendo parcial, e como jornalista deveria ser imparcial. Estou te pedindo para rever os seus conceitos. Vocês não podem falar que o Corinthians fez má partida, mas o Corinthians perdeu para uma equipe que jogou, que estudou, que foi estratégica. Que veio em São Paulo e tirou a invencibilidade”.
“Vocês têm que dar mais valor a quem é de fora de São Paulo. Eu sou paulista, nascido em Ribeirão Preto, e vocês da imprensa de São Paulo precisam olhar de maneira diferente para os outros, porque o Brasil é muito grande”, finalizou Mancini.
Elogios
Ainda assim, o clima no pós-jogo do Vitória foi de otimismo, e principalmente de elogios do técnico à equipe rubro-negra: "Eles (os jogadores do  Corinthians) são muito organizados, mas o Vitória esteve muito concentrado. Há tempos não via atletas com tamanha determinação em fazer aquilo que foi montado durante a semana de treinamento. Estamos felizes por vencermos o líder invicto. E ainda acho que poderíamos ter ampliado o placar”, ressaltou o comandante.
Para ele, é importante que o Leão vença grandes times, mas também engrene uma sequência de vitórias para sair da zona de rebaixamento em breve. “É preciso vencer adversários fortes e isso tem acontecido, mas tropeçamos em casa diante do Avaí, em um jogo que estava em nossas mãos. Isso não pode acontecer”, disse.