E. C. Vitória

Neilton diz temer punição para os companheiros em julgamento

Julgamento das confusões do BaVi será realizado nesta terça-feira (27), no TJD

Redação Correio 24 horas

Um dia depois de golear o Jequié por 5x1 pelo Campeonato Baiano, o elenco do Vitória voltou aos treinos e iniciou a preparação para enfrentar o Bragantino, nesta quarta-feira (28), às 19h30, em Bragança Paulista, pela Copa do Brasil. Apesar do foco estar voltado para o time paulista, os jogadores do Leão estão preocupados também com o julgamento da confusão no clássico Ba-Vi do último dia 18, no Barradão.

Segundo Neilton, jogadores que forem suspensos vão fazer falta ao Vitória na reta final do Baiano (Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória)

Nesta terça-feira (27), o Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJD) vai julgar os jogadores envolvidos na briga durante o clássico e o fim precoce da partida. Entre os atletas envolvidos do lado rubro-negro, estão os zagueiros Kanu e Bruno Bispo, os meias Rhayner e Yago, e o atacante Denilson. A pena prevista é de suspensão por até 12 partidas, além do pagamento de multa.

"Nós não queremos perder ninguém, nós tememos e espero que dê tudo certo lá. A  gente tem um grupo, com certeza se acontecer algum tipo de punição vai fazer falta. Mas temos um grupo e quem for jogar no lugar pode fazer a diferença também e nos ajudar bastante. Isso foi mostrado no jogo passado (contra o Jacuipense), nossa equipe jogou com um time que não vinha jogando e mostrou um bom resultado com a Vitória. Independente de quem ficar fora, vai fazer falta, mas quem entrar vai nos ajudar bastante", disse o atacante Neilton.

Copa do Brasil

Sobre o jogo diante do Bragantino, Neilton prega atenção ao time paulista. Ele lembra que é preciso construir um bom resultado fora de casa, já que o gol qualificado não é mais critério de desempate na competição.

"Vai ser um jogo duro. Eu estava acompanhando o jogo deles contra o Novo Horizontino, é um time deles é bom, bem organizado. A gente vai trabalhar bem, saber o que o Mancini tem para passar para a gente entrar concentrado e sair com o resultado positivo. Pelo que vi da regra não tem gol qualificado, então nosso time tem que jogar bem nos dois jogos e sair com o resultado. Independente de segurar a partida ou não, temos que buscar o gol, sair vitorioso, porque pode dar problema depois", finalizou.