E. C. Vitória

Raimundo Viana fala sobre contratação de Kieza e atual Vitória: 'nosso grupo é de Série A'

Presidente garantiu que as contratações de peso não comprometeram as contas do clube

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
Foto: Arquivo CORREIO
Após tirar o Vitória da Série B, Raimundo Viana tem novos objetivos para este ano, como fazer uma boa campanha na Série A e emplacar o projeto da Arena Barradão. Em entrevista ao 'ATarde', o presidente garante que fez um grande investimento ao conseguir contratar Kieza, Victor Ramos e Dagoberto."O Vitória fez esses investimentos dentro da racionalização financeira e estrutural das coisas. Todo mundo reclamava de um 9. Então, fizemos um sacrifício e trouxemos Kieza. Foi uma contratação rara, que não se via nos últimos 20 anos no Norte/Nordeste do Brasil. Até porque não foi só um empréstimo ou contrato com alguém que estava livre. Foi a compra dos direitos econômicos de um atleta que tem grande mercado", afirmou.Apesar do fechamento com os três atletas, Viana garantiu que os acertos não comprometeu as contas do clube. "Tudo que temos feito é com recursos do Vitória."O presidente rubro-negro não confirmou a possibilidade de novas contratações de peso para os próximos meses e elogia a atual equipe treinada por Vagner Mancini."Eu diria com segurança que nosso grupo é de Série A. Não vejo time com goleiro melhor do que Fernando Miguel ou muito melhor do que Caíque. Poucos têm zagueiros como Ramon, Victor Ramos, Guilherme Mattis e Vinícius. No meio, estou encantado com a performance de Willian Farias. E o que falar de Amaral? E quantos clubes  possuem atacantes mais qualificados do que Kieza, Dagoberto, Marinho e Vander? Mas lógico que estamos atentos ao mercado", disse Viana.