E. C. Vitória

Vitória empata com o Cruzeiro e pode voltar ao Z4

Leão sai na frente mas vê Raposa empatar e pode ser ultrapassado pela Ponte Preta, que joga na segunda (20)

Daniela Leone, Correio 24 horas (daniela.leone@redebahia.com.br)

A torcida do Vitória poderia começar a semana tranquila, sem temer a zona de rebaixamento, mas o time do coração mais uma vez vacilou como mandante. Neste domingo (19), no Barradão, o rubro-negro apenas empatou em 1x1 com o Cruzeiro. Como não fez o dever de casa, terá que torcer contra a Ponte Preta pra se manter fora do grupo de descenso. 

Com 40 pontos, o Leão é o 16º colocado do Brasileirão. Adversária direta na luta contra a degola, a equipe paulista soma 39, é a 17ª e joga na segunda (20), às 16h, contra o Fluminense, no Maracanã.   

Apesar de lamentar no final, a torcida rubro-negra não precisou esperar muito para comemorar no Barradão. O Vitória abriu o placar com o prata da casa David, aos 20 minutos, em cobrança de pênalti. No minuto anterior, o cruzeirense Bryan tinha colocado a mão na bola dentro da área. Esse foi o sexto gol de David no Brasileirão. “Estava confiante, peguei a bola e fui feliz em fazer o gol”, comemorou o atacante. 

Depois de ter a rede balançada, o Cruzeiro cresceu em campo, dominou o jogo e passou a investir contra a meta rubro-negra. Já o Vitória caiu muito de rendimento. Bryan cobrou falta, Jonata deu uma casquinha e Léo aproveitou a sobra, mas mandou na trave. No lance seguinte, Henrique recebeu na área  de frente para o gol e mandou uma bomba. A bola explodiu no travessão e quicou dentro do gol, mas a arbitragem não validou. 

Em busca do empate, Galhardo mandou na área e Elber cabeceou pra fora. O próprio Elber teve nova chance nos acréscimos, mas errou a pontaria outra vez. 

A primeira investida do segundo tempo foi do Vitória. Tréllez recebeu a redonda dentro da área e finalizou para fora. Mas, assim como aconteceu na etapa inicial, o Cruzeiro voltou a dominar o jogo.

Primeiro, Rafinha chutou cruzado pra fora. Depois, Alisson serviu Bryan e ele colocou a redonda no travessão. O Vitória levantou a torcida com David. O atacante do Leão quase marcou um golaço aos 28 minutos. Depois de fazer fila na defesa do Cruzeiro, ele chutou por cobertura, mas errou a pontaria.   

O vacilo

Dois minutos depois, a torcida rubro-negra lamentaria ainda mais a oportunidade perdida. Aos 30, o Cruzeiro conseguiu o empate com Alisson. O meia da equipe mineira iniciou a jogada, passou pra Bryan, recebeu de volta e, de peixinho, deixou tudo igual no placar do Barradão: 1x1. 

Ciente do prejuízo, o Leão fez pressão nos minutos finais. Santiago Tréllez entrou na área e chutou quase sem ângulo, mas mesmo assim colocou o goleiro Fábio para trabalhar. De cabeça, André Lima também não teve sucesso.