E. C. Vitória

Vitória joga mal, é goleado pelo Atlético-PR e segue na parte de baixo da tabela

Rubro-negro baiano tem 18 pontos e ocupa a 13ª posição na tabela; próximo compromisso do Leão é contra o Cruzeiro, no dia 5 de agosto

Gabriel Lopes (gabriel.freitas@redebahia.com.br)
- Atualizada em

Este domingo, dia 29 de julho de 2018, é um daqueles dias que o torcedor do Vitória vai querer apagar da memória. Na Arena da Baixada, o time comandado por Vagner Mancini assistiu o Atlético-PR jogar e volta para Salvador com uma goleada de 4 a 0 na bagagem. Os gols da partida foram marcados por Marcelo Cirino, Marcinho, Wellington e Pablo.

(Foto: Miguel Locatelli / Atleticoparanaense.com)

Com 18 pontos conquistados, o rubro-negro baiano ocupa a 13ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo, o Atlético-PR chegou aos 13 pontos e tenta respirar na zona de rebaixamento: o time agora está na 18ª posição, atrás apenas da Chapecoense.

O Leão possui a pior defesa do Brasileirão, com 31 gols sofridos em 16 partidas jogadas. Nos últimos cinco jogos, o time sofreu 11 gols e marcou apenas três. 

O próximo compromisso do Vitória é no dia 5 de agosto, contra o Cruzeiro, às 16h, no Barradão.

Ficha técnica: Atlético Paranaense 4x0 Vitória
Campeonato Brasileiro: 16ª rodada
Data: 29/07/2018 [domingo]
Horário: 16h
Local: Estádio Joaquim Américo, em Curitiba (PR)
Árbitro: Anderson Daronco - RS [FIFA]
Auxiliares: Rafael da Silva Alves - RS [categoria AB] e Michael Stanislau - RS [categoria AB]
Quarto árbitro: Fabricio Lima Baseggio - RS [categoria CD]
Público pagante: 8.697
Público total: 9.795
Renda: R$ 155.230,00
Atlético Paranaense: Felipe Alves; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington (Matheus Rossetto, aos 29’ do 2º T) e Bruno Guimarães; Marcelo Cirino (Crysan, aos 29’ do 2º T), Raphael Veiga e Marcinho (Nikão, aos 21’ do 2º T); Pablo.
Técnico: Tiago Nunes

Gols: Marcelo Cirino, aos 11’ do 1º tempo; Marcinho, aos 21’ do 1º tempo; Wellington, aos 47’ do 1º tempo; Pablo, aos 24’ do 2º tempo
Cartões amarelos: Bruno Guimarães e Renan Lodi

Vitória: Ronaldo; Ramon, Kanú, Ruan Renato e Bryan; Willian Farias e Arouca (Erick, aos 17’ do 2º T); Lucas Fernandes (Wallyson, aos 26’ do 2º T), Yago e Neilton; André Lima (Melia, aos 28’ do 2º T).
Técnico: Vagner Mancini

Cartões amarelos: Ramon, Neilton, Ruan Renato, Bryan e Kanú