E. C. Vitória

Vitória vence Luziânia e avança na Copa do Brasil

Cleiton Xavier e Paulinho, em frangaço do goleiro, marcaram no triunfo rubro-negro por 2x0 fora de casa. Próximo adversário será Anápolis ou Bragantino

Fernanda Varela, do Correio 24 Horas (fernanda.varela@redebahia.com.br)
No dia em que não podia errar, o Vitória não enfeitou. Fez o feijão com arroz, contou com um frango e saiu de barriga cheia na estreia da Copa do Brasil. O Leão venceu o Luziânia por 2x0, garantiu a classificação e espera o seu adversário da segunda fase, que sairá de Anápolis x Bragantino, que jogam dia 15. A partida será no Barradão, em data a definir.
Com novidade no time, já que o jovem Cedric, 18 anos, mandou Salino para o banco, enquanto Geferson recuperou titularidade na esquerda e Paulinho entrou na vaga de Dátolo, o Vitória começou bem a partida e, de quebra, contou com o apoio do torcedor, que marcou presença com direito a banda para animar a arquibancada no estádio Serra do Lago, em Luziânia-GO, a 60 km de Brasília.

Foto: Moysés Suzat/EC Vitória
Logo no começo do duelo, Cleiton Xavier deixou Kieza na cara do gol, mas o atacante desperdiçou. O rubro-negro chegou a tomar um susto aos 17, quando Laécio carimbou a trave após cabeceio, mas o alívio veio pouco depois. Aos 22 minutos, David passou rasteiro, Kieza fez o corta-luz e Cleiton Xavier mandou colocado, no alto, e abriu o marcador. É a terceira assistência de David e o segundo gol do meia no ano.
O gol deu tranquilidade ao Leão, já que pela nova regra da Copa do Brasil as duas primeiras fases acontecem em jogo único. Na primeira, o time melhor posicionado no ranking da CBF, neste caso o Vitória, joga fora de casa e precisa do empate para avançar. Tranquilidade, no entanto, não pode ser sinônimo de acomodação. E isso ficou claro no retorno para o segundo tempo, quando o Vitória contou com o talento de Fernando Miguel que, no reflexo, evitou o empate em chute de Dan.
Foi só um susto. O Vitória recuperou o fôlego e mostrou que queria a vaga na segunda fase de qualquer jeito. Aos 10 minutos, Paulinho disparou em alta velocidade pela esquerda e cruzou na área. O goleiro Dida falhou e, em um frango clássico, jogou a bola com a mão para dentro do gol. 
O Luziânia ensaiou diminuir o placar com Laécio, mas o jogador deu um soco na bola e, no rebote, Cauê mandou para o fundo das redes. Só que o árbitro não se deixou enganar. Bom para o Leão, que conduziu o jogo com tranquilidade. O próximo jogo do Vitória será no Barradão, sábado (11), às 16h, contra o América-RN, pela Copa do Nordeste.