E. C. Vitória

Zagueiro do Vitória lamenta derrota no clássico: 'comparo o BaVi com 7x1 do Brasil'

Aderllan afirma que goleada do Bahia é para apagar e servir de exemplo

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Depois de perder o clássico BaVi por 4 a 1, no último domingo (22), na Arena Fonte Nova, o elenco do Vitória já se reapresentou na Toca do Leão na manhã desta segunda-feira (23). O rubro-negro ocupa a 16ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro e enfrenta o Sport na próxima rodada, nesta quinta-feira (26), às 19h30, no Barradão.

(Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória)

Mesmo com a derrota, as atividades seguiram como planejado: treino regenerativo para os titulares do BaVi e trabalho mais pesado para os reservas. A coletiva do dia foi com o zagueiro Aderllan, que assumiu que o clássico de ontem deve ser esquecido.

(Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória)

"Nada deu certo, foi um dia que não tem explicação. Eu comparo o jogo de ontem com o 7x1 do Brasil. É para apagar. Tem que pegar esse jogo e servir de exemplo. Se entrarmos assim em outros jogos, vai acontecer outra vez. Temos que olhar para nós mesmos e corrigir os erros", analisou o zagueiro.

Para não entrar na zona de rebaixamento, Aderllan diz que é necessário mudar a postura para os próximos jogos. "Tem que entrar ligado desde o primeiro minuto. Se a gente não fizer três ou quatro vitórias seguidas, vamos estar sempre beirando a zona de rebaixamento. Temos que fazer aquilo que não fizemos ontem. O que fizemos contra o Paraná, entrar desde o primeiro minuto ligado para sair com os três pontos em casa", disse.

Para a próxima partida contra o Sport, o Leão não poderá contar com o lateral esquerdo Bryan, expulso no BaVi de ontem (22). O argentino Martínez, possível substituto para a vaga, machucou o tornozelo no treino desta segunda-feira (23) e ainda não há informação sobre a lesão.