Empregos

Cinco ideias erradas sobre redes sociais que prejudicam sua carreira

Informações podem ser utilizadas a seu favor para conquistar um emprego ou crescer na carreira

Redação Catho

Você pode até não gostar, mas as redes sociais fazem parte da rotina diária dos brasileiros e são utilizadas para os mais diversos objetivos: seja para encontrar pessoas que não vê há muito tempo, conhecer novas pessoas, se relacionar e colocar a conversa em dia ou, até mesmo, acompanhar a vida de alguém que gosta (ou não gosta).

São inúmeras pessoas compartilhando e consumindo ideias e preferências, que apresentam muito sobre como você é, como age e, principalmente, como pensa. Essas informações podem ser utilizadas a seu favor para conquistar um emprego ou crescer na carreira, desde que não tenha uma das ideias erradas abaixo:

Ideia errada 1: Facebook é pessoal e posso postar o que eu quiser
Você tem todo o direito de postar o que quiser, porém, como tudo na vida, ações geram consequências. Quando o assunto é carreira, postar qualquer coisa não é a melhor conduta. Lembre-se que recrutadores e RHs de empresas podem, facilmente, encontrar o seu perfil para entender melhor quem é você. Compartilhar um assunto polêmico, entrar em discussões quentes e postar um foto chocante podem demonstrar muito de sua personalidade e nem sempre as empresas vão se identificar com a sua postura.

De nada adianta a empresa contratar um profissional fantástico, que gera muito resultado, se este postar um documento sigiloso nas redes ou, até mesmo, compartilhar uma foto com um cliente. Agir contra as políticas de privacidade de dados ou segurança podem render multas ou processos que custarão muito mais dinheiro à empresa do que este profissional é capaz de produzir com o seu trabalho.

Ideia errada 2: LinkedIn serve apenas para fazer networking
O LinkedIn é uma ótima vitrine do seu perfil profissional, possibilitando que empresas, ex-colegas de trabalho e recrutadores te encontrem para oferecer oportunidades de trabalho ou negócio. Esta rede social permite aprofundar o seu perfil de forma que um currículo nunca conseguirá. Além de expor o seu histórico profissional, é possível identificar quantas conexões possui, o que as pessoas acham de seu trabalho e quais competências você demonstra.

Construir networking em redes sociais é muito difícil de ser feito. Você pode dar o primeiro passo, porém o verdadeiro é feito em uma conversa pessoalmente, onde as pessoas têm a oportunidade de discutir detalhes sobre os assuntos e interagir com maior profundidade.

Ideia errada 3: Instagram é para quem tem um estilo de vida bacana para mostrar
Muitas pessoas não utilizam o Instagram por não terem o que postar ou não gostarem de tirar fotos. Desta forma, perdem uma oportunidade fantástica que esta rede social proporciona: acompanhar as pessoas que te inspiram pessoalmente ou profissionalmente. Ter referências e ver como elas agem e se comportam permite que o seu cérebro possa produzir resultados parecidos com os delas.

Porém, se você não souber o que fazem, como pensam ou que falam, as suas referências serão pobres ou insuficientes para facilitar um processo de mudança ou crescimento profissional. Obviamente que você pode fazer isso conversando com um gerente ou diretor de sua empresa atual, mas que tal ter o mesmo efeito sobre aquele profissional, ator, cantor ou empresário que você se espelha e está distante?

Ideia errada 4: Blogs são diários digitais e geralmente são fúteis
Blogs são fontes inesgotáveis de informação, ideias, metodologias e, também, de certo lixo digital. Afinal, tem de tudo na internet. Porém, sabendo garimpar um pouco, você conseguirá encontrar aqueles que te ajudarão com os seus objetivos profissionais. Esta análise deve ser individual e você deve encontrar algo que se identifique. Por exemplo, esse blog pode ser de grande ajuda para algumas pessoas e lixo digital para outras (e tudo bem!).

Além de servir como fonte para suas mudanças, um blog escrito por você tem inúmeros benefícios. Primeiramente, ele serve como um exercício intelectual para você, te fazendo pensar e extraindo ideias que possam ajudar as pessoas de alguma forma. Depois você construirá, naturalmente, novos relacionamentos que garantirão uma estabilidade profissional e a oportunidade de novos negócios.

Ideia errada 5: Mídias sociais são ambientes para as pessoas e não para empresas ou negócio
Desde que você entenda a real necessidade do seu público alvo, você poderá utilizar as redes sociais para fazer negócio. Essas plataformas são fontes incríveis para iniciar processos de venda, facilitar o atendimento aos clientes e auxiliar na construção da credibilidade de uma empresa.

Avalie o que existe dentro da sua cabeça. Expandir a sua forma de pensar é o que permite atingir melhores resultados em sua vida. Conseguir olhar para as redes sociais com outros olhos poderá ser a diferença para você ter a vida profissional que sempre sonhou ou continuar reclamando da sua empresa e das condições da vida atual.