Empregos

Coluna ValoRH: A Revolução do Ensino

Especialista analisa como a profusão de informações tem difundido, globalmente, comportamentos, conhecimentos e informações a uma velocidade jamais vista

Da editoria de Notícias & Empregos
- Atualizada em

Nunca antes na história da humanidade,  tanta informação esteve disponível a tantos, de tantas formas e produzida por tantos. Esta profusão de informações tem difundido, globalmente, comportamentos, conhecimentos e informações a uma velocidade jamais vista, o que acaba provocando em todos nós a sensação de “soterramento”, como se estivéssemos nos afogando com tanta informação disponibilizada simultaneamente.


No campo do  ensino, tomemos como  exemplo, o caso da Khan Academy, cujo mote inicial apenso ao site é “Learn Almost Anything for Free”, ou seja, aprenda  quase tudo de graça... Não se pode deixar de notar uma pequena dose de humildade, afinal, eles não pretendem ensinar tudo, apenas quase tudo, e de graça. Esta iniciativa é muito interessante e foi abraçada pela Fundação Lemman no Brasil. A rigor, se você quiser aprender qualquer matéria do ensino tradicional e clássico, ela está, ou estará em algum momento, devidamente catalogada nesta academia assim como em outras.


E este projeto é apenas um dentre tantos outros projetos de ensino gratuito, e estamos falando apenas dos gratuitos, existentes no mundo da Internet. Muitas escolas públicas brasileiras já adotaram o programa proposto pela Fundação Lemman, que consiste em traduzir e co-produzir o material da Kahn Academy e parecem estar obtendo bons resultados. Parte do sucesso parece ser proveniente de um maior nível de instigação que tais ferramentas parecem exercer sobre as crianças. Quem sabe em breve, no limite, não teremos FaceEscolas?


Evidentemente, a tarefa de educar é muito mais complexa do que a simples disponibilização de excelentes ferramentas e materiais. Ensinar a aprender, incutir noção de responsabilidade, do benefício que a disciplina propicia ao ser humano e, sobretudo,  a socialização, requererá sempre o guia, ou seja, o Professor, e nada indica que este um dia poderá ser substituído. Mas não se pode negar que há uma revolução do ensino em andamento e ela não será refletida apenas no ensino fundamental e público, mas também no ensino universitário, na academia, na pós-graduação e, principalmente, muito além disto. A realidade do ensino continuado, perpétuo e acessível a todos está aí de fato colocada.


E mesmo para aqueles que por acaso tenham concluído a sua graduação, ou mesmo pós-graduação, em um mundo onde a velocidade da informação e a produção do conhecimento são continuados, o ensino à distância, os cursos universitários globais, especializações contínuas em todas as áreas serão cada vez mais disponibilizados e demandados. O ensino agora é para a vida toda e para todos. Para muitos, a conclusão do curso universitário será apenas o ponto de partida para de fato começar a aprender.


Claro que nem tudo pode ser aprendido à distância, mas  o aprimoramento das técnicas de ensino à distância nos permite antever o momento em que será possível descobrir onde está a informação necessária para a realização de uma determinada prática. No mínimo, será possível saber quem é o especialista e quem detém o conhecimento que se deseja adquirir de forma absolutamente instantânea e como e onde se pode adquiri-lo.


Esta difusão do conhecimento abre as portas para o surgimento de milhares de novas profissões e especializações e onde uma das principais qualidades do profissional será a de saber como aprender em um ambiente de Ensino à Distância. Talvez venha a ser mais importante para a maioria das pessoas possuir a habilidade de saber encontrar e  pesquisar, reconhecer e aprender aquilo que é mais importante na sua profissão, ou mesmo como divulgar o seu trabalho na Web.


Estamos vivendo um momento de revolução de costumes e conhecimento na sociedade que é resultado direto das novas ferramentas que vão sendo criadas. E da mesma maneira que se propagam futilidades em uma espantosa magnitude de escala na Internet, também é propagado o conhecimento, ainda que este segundo, às vezes, passe despercebido.


Em um mundo assim  é preciso, sobretudo, saber como procurar, cooperar e aprender. É preciso aprender como aprender continuamente neste novo mundo.

"A tarefa de educar é muito mais complexa do que a simples disponibilização de excelentes ferramentas e materiais"


Ao mesmo tempo em que vivenciamos tal transformação, preocupa cada vez mais os caminhos que a educação vem tomando no Brasil. Seguimos uma uniformização ditada de cima para baixo e submetida a um critério de avaliação unificado que representa um grande perigo para o futuro das crianças de hoje. O engessamento curricular e o direcionamento do ensino para as provas do Enem podem minar completamente o exercício da criatividade e da livre iniciativa dos jovens. É com espanto que percebemos que os candidatos ao Enem, em que foram transformados milhões de jovens, não conseguem enxergar outras profissões que não as clássicas. O fato é que as oportunidades estarão nas milhares de profissões em gestação, atualmente, mas,  muitas delas,  você somente poderá aprender quando se formar. É muito provável que elas requeiram habilidades que estão sendo ignoradas pela Escola.


Por fim, aos poucos se percebe que este fenômeno também alcança a Universidade. O Enade representa para o ensino superior o mesmo papel que o Enem tem para o ensino médio.  Essa condução sobre o que deve ser ensinado (no final das contas é o que é cobrado nos exames) pode levar a uma falta de sintonia cada vez maior entre o mundo real e a Universidade. Interessa saber, então, que apesar de tudo,  os sistemas de aprendizado continuado representarão uma resistência e,  inevitavelmente,  preencherão estas lacunas. O mundo nunca mais será  o mesmo!


Se você ficou interessado neste novo mundo que se descortina, os endereços abaixo podem ser úteis:


www.khanacademy.org

www.fundacaolemann.org.br/khanportugues/

www5.fgv.br/fgvonline/Cursos/Gratuitos

http://www.iped.com.br

http://www.neadsenaies.com.br/cursos-online/




Sergio Sampaio
E-mail: valorh@valorrh.com.br
Consultor de TI da ValoRH. Engenheiro, empresário da área de Tecnologia da Informação, proprietário da IP10 Tecnologia.