Empregos

IBGE é autorizado a contratar até 7,8 mil temporários; confira

Portaria nº 1 foi publicada no "Diário Oficial da União" desta quarta-feira (6)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) recebeu autorização do Ministério do Planejamento para contratar até 7.825 profissionais temporários.  A portaria nº 1 foi publicada no "Diário Oficial da União" desta quarta-feira (6).


A autorização permite a contratação de até 25 supervisores de pesquisa por telefone, 7,5 mil agentes de pesquisa e mapeamento e de 300 agentes de pesquisa por telefone. Os contratados irão realizar pesquisas econômicas e sociodemográficas.


A portaria informa ainda que os contratos serão de um ano, com possibilidade de prorrogação por mais dois. As contratações deverão ser feitas por meio de processo seletivo simplificado. O edital de abertura das inscrições deverá prever o número de vagas, a área de atuação, a descrição das atribuições, a remuneração e o prazo de duração do contrato.



Após  três anos a partir da divulgação do resultado do final do processo seletivo, os contratos firmados com base na autorização contida na portaria não terão mais validade. Ainda não há definição de data para publicação do edital.



Concurso com 600 vagas


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu os editais dos dois concursos públicos para o total de 600 vagas: 140 vagas para os cargos de analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas e de tecnologista em informações geográficas e estatísticas, ambos de nível superior de escolaridade, e 460 para técnico em informações geográficas e estatística, de nível médio.


Os salários chegam a a R$ 7.662,49 para os servidores sem titulação, a R$ 8.055,41 para os portadores de certificado de especialização, a R$ 8.448,33 para os portadores de título de mestre e a R$ 9.396,88 para os portadores de título de doutor. As vagas são para o Rio de Janeiro, Brasília, Vitória, Belo Horizonte, Cuiabá, Florianópolis, Manaus, Macapá, Belém, Recife, Teresina, Natal, Porto Alegre, São Paulo, Goiânia e Salvador.


A prova objetiva para os cargos de analista e tecnologista, exceto analista - área de conhecimento de análise de sistemas/desenvolvimento de sistemas, será realizada no dia 10 de abril de 2016, das 13h às 17h, segundo o horário oficial da cidade de Brasília-DF.


A prova objetiva para o cargo de analista - área de conhecimento de análise de sistemas/desenvolvimento de sistemas será realizada na cidade do Rio de Janeiro no dia 10 de abril de 2016, das 13h às 18h, juntamente com a prova discursiva.