Empregos

Programa que impulsiona jovens para carreiras abre 300 vagas

Criado pela edtech Galena, o modelo tem foco nos ex-alunos da rede pública e 100% de empregabilidade; na primeira turma, alunos foram inseridos em empresas como Unilever, QuintoAndar, iFood, Itaú entre outros

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Para ajudar os ex-alunos de escola pública a desenvolverem carreiras de sucesso, a startup Galena abriu 300 vagas do programa criado para capacitar os jovens para vagas CLT de salários a partir de R$ 2 mil. Para se inscrever no programa, o pré-requisito é ter concluído o segundo grau, sem exigências como inglês, curso técnico ou experiência.

As vagas para a segunda turma a área de Vendas e Sucesso do Cliente estão abertas no site da edtech até o próximo dia 30 de outubro. Os alunos do programa só começam a pagar as mensalidades após a contratação. 

A formação acontece através de simulações de um dia a dia de trabalho, com foco nas necessidades reais das empresas e nas competências mais importantes para o mercado. O objetivo é fortalecer as habilidades dos jovens, tornando-os mais assertivos para ocupar postos que, sem a orientação e treinamento, talvez não fosse possível.

O programa tem duração de quatro meses, com 40 horas semanais, com conteúdo que desenvolve hard e soft skills, certificações e mentorias que acompanham o jovem mesmo após a finalização do processo educacional, possibilitando a conquista da vaga de forma mais rápida e objetiva.

De acordo com a Galena, a primeira turma está 100% empregada. A startup conta com uma rede de empresas parceiras, que acompanham os jovens durante todo o processo educacional e já disponibilizaram vagas para o pós-programa. O emprego não é garantido, mas o desempenho do jovem durante o programa pode garantir uma vaga em empresas como a Unilever, IFood, QuintoAndar, Stone, Alelo, Arco Educação, Itaú ou na Dell.