Empregos

Quando é a hora de buscar um novo emprego?

A primeira pergunta a ser feita é: por que eu quero trocar de emprego?

Redação Catho

Quase todo mundo já se fez essa pergunta uma vez na vida. Seja por baixo salário, benefícios não atrativos, falta de perspectivas ou anseio por novos desafios, todo profissional chega num momento em que se questiona se está na hora de mudar de emprego.

Antes de tomar qualquer atitude precipitada, é importante avaliar alguns pontos e ter certeza que não é possível contorná-los. A primeira pergunta a ser feita é: por que eu quero trocar de emprego?

Veja os 5 pontos importantes que podem ser a resposta da sua pergunta.

1. Remuneração. Você acredita que sua remuneração não é justa frente às suas atividades ou ela realmente está abaixo do mercado? O conselho é conversar com seu gestor, verificar a possibilidade de um aumento e colocar um prazo para que ele aconteça e não fique somente na promessa. Mas se atente, se a sua insatisfação da empresa não é somente sobre isso, não será um aumento salarial que o fará querer continuar na empresa por muito tempo.

2. Reconhecimento. Você sente que não é reconhecido pelo esforço que dedica à empresa. Aqui, vale uma conversa com seu gestor para expor sua insatisfação e entender se há algo que deve ser feito para melhorar a troca entre vocês e evitar que isso te desmotive a ponto de desejar o desligamento.

3. Clima organizacional. Normalmente, o que pesa é o clima entre colegas de trabalho e chefe, sejam causados por conflitos ou divergências. Se o seu problema é realmente não se dar bem com seu gestor ou colegas de equipe, se já tentou uma conversa para melhorar o clima, você pode tentar uma solução junto ao RH da empresa.

4. Mesmice. Você não tem aprendido nada de novo, não surgem novos desafios e você precisa disso para manter a motivação. Neste ponto, a avaliação deve ser feita com base no ramo da empresa, do estilo de atividades, pois isso ser apenas uma fase ou você realmente precisa buscar novos horizontes.

5. Equilíbrio. Entre a vida pessoal e profissional. Se seu emprego atual suga todas as suas energias, é hora de pedir ao seu gestor uma ajuda para dividir suas tarefas. Se isso não for possível, é hora de trocar de emprego.

É importante ter em mente que trabalhar em um local onde você não é feliz é prejudicial para sua qualidade de vida. Qualquer insatisfação deve ser conversada com seu gestor ou reportado ao RH da empresa. Caso a solução não chegue, é hora de começar a buscar um novo trabalho!