Empregos

Seleção para Defensoria Pública da União é suspensa após erro em provas

Segundo participantes, as provas dos turnos matutino e vespertino não eram iguais

Redação do Correio 24 Horas
- Atualizada em

Uma confusão entre participantes de uma seleção para estagiário da Defensoria Pública da União (DPU) na tarde do último domingo (26) fez o órgão anular as provas do certame. Isso porque, segundo relatos dos estudantes na página do Facebook do órgão, as provas da manhã tinham uma questão discursiva e as da tarde não tinham, o que deixava os exames desiguais e contrariava o edital. 

Outra queixa relatada pelos estudantes foi o fato de quem teria se inscrito para fazer a prova no período da manhã foi chamado para realizar a seleção à tarde e vice-versa.  A confusão aconteceu na porta do Colégio Estadual Odorico Tavares, na Vitória, e a Polícia Militar foi chamada para intervir. Segundo o órgão, houve tumulto nos dois turnos após o fechamento dos portões. 

O certame foi realizado pelo Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), que faz a seleção desde o ano de 2015. Em nota de esclarecimento publicada pela DPU nesta segunda-feira (26), o órgão anunciou a anulação das provas “devido a problemas ocorridos nesse domingo”. Ainda não há previsão de uma nova data para a seleção.