Empregos

Veja dicas para não errar na entrevista em inglês para vagas de trainee

Além de ser cobrado em testes de conhecimentos, o idioma pode ser exigido também durante entrevista

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Está se candidatando para processos seletivos para trainee? Saiba que o inglês pode ser decisivo para que você consiga garantir a tão sonhada vaga. Além de ser cobrado em testes de conhecimentos, o idioma pode ser exigido também durante entrevista.

Para que você se saia bem na hora de comprovar a aptidão é necessário que fique atento para não cometer gafes. A rede de idiomas CNA reuniu algumas dicas importantes. Confira:

Estude temas que poderão ser discutidos
Ler materiais em inglês sobre os assuntos que poderão ser abordados durante a entrevista é uma ótima forma para se familiarizar ou relembrar termos específicos. Vale a pena praticar escrevendo redações que estimulem a argumentação e a familiarização com o vocabulário.

Evite repetição de palavras
Deixe a entrevista menos cansativa evitando repetição de palavras. Ao se preparar para esse momento, vale a pena buscar opções que substituam “yes”, “you know” e “right”, como "I see your point", "I mean" e "That's correct", respectivamente, dependendo do contexto.

Fique atento às perguntas e não use respostas prontas
Por mais que tenha se preparado, estudando temas que poderiam ser abordados durante a entrevista, não tente reproduzir exatamente o que você leu ou ouviu antes. Preste atenção às perguntas e elabore as respostas de acordo com o que foi questionado, usando suas palavras e de acordo com o grau de formalidade do diálogo. A conversa deve ser natural.

Não se esqueça da pronúncia
Praticar a conversação é essencial para evitar deslizes e facilitar a comunicação na hora da entrevista. Assistir a vídeos na internet que explorem os temas que podem ser abordados é uma opção interessante. Fique atento aos termos novos e como são pronunciados. Se surgir dúvida, uma boa dica é consultar a opção de áudio em sites especializados. Lembre-se: a boa pronúncia começa, antes de tudo, no ouvido, e se você nunca escutou alguém falando uma determinada palavra, dificilmente vai aprender a pronunciá-la apenas com a leitura.

Encare a entrevista como um aprendizado
Após a entrevista, avalie as dificuldades que sentiu ao longo do processo – é possível que o próprio examinador pontue questões que não estavam claras. Conhecendo seus pontos fracos, é possível investir mais tempo para desenvolvê-los e ficar mais preparado para futuras oportunidades.