Encantos do Comércio

Baía de Todos os Santos é cenário das principais regatas do país e do mundo

Aratu-Maragojipe, com 50 edições, e Transat Jacques Vabre, intercontinental, são disputadas nas águas de Salvador e das ilhas da região

Especial de Conteúdo
- Atualizada em

Oferecimento
A beleza da Baía de Todos os Santos, com uma área total de 1.052 km² - sendo a segundo do mundo em tamanho e primeira de clima tropical - passando por Salvador e 56 ilhas, atrai quem queira curtir as águas calmas, quem opta apenas por admirar e também os amantes de esportes.

A Baía de Todos os Santos é a maior navegável do litoral brasileiro. A vocação para receber modalidades esportivas se comprova pela realização de duas das mais importantes regatas do país e do mundo em suas águas: as regatas Aratu-Maragojipe e Transat Jacques Vabre.

Foto: Maurício Cunha / Divulgação
Neste ano, a regata Aratu-Maragojipe completou 50 anos com recorde de inscrições. Criada em 1969 por devotos de São Bartolomeu a regata já se consolidou como um dos maiores eventos náuticos do Brasil. O evento começa em Aratu, em Simões Filho, e segue rumo à cidade de Maragojipe. Um dos diferenciais é o percurso de 35 milhas passando por trechos históricos da Baía de Todos os Santos e Rio Paraguaçu.

Grandes nomes do esporte, como os irmãos Torben e Lars Grael, e Izabel Pimentel, única velejadora brasileira a dar a volta ao mundo a bordo de um veleiro em solitário, já participaram da regata. "É uma regata única pois poucas regatas no mundo você começa navegando no mar e entra navegando no rio, ela larga na base naval de Aratu no fundo da Baía de Todos os Santos e entra no Rio Paraguaçu, um cenário lindo onde os barcos de balão vão serpenteando. Tem um número grandes de participantes além de outros escoltando, é um evento grandioso", afirmou Lars Grael antes de disputar a 50ª edição, no final de agosto.

Regata internacional em Salvador
Foto: Jean-Marie Liot / ALeA / TJV2017 / Divulgação
A Baía de Todos os Santos recebeu em seis oportunidades a regata internacional Transat Jacques Vabre. A disputa, de barcos à vela, tem Salvador como destino, com 62 embarcações que saem do Porto de Le Havre, na França, e completam um percurso de 4.350 milhas.

Considerada uma das principais regatas do mundo, a largada da regata será dada no dia 27 de outubro, com chegada prevista em Salvador de 7 a 17 de novembro. Os mais 50 barcos já confirmados para a Transat Jacques Vabre ficarão atracados no Terminal Turístico Náutico da Bahia (TTNB), no bairro Comércio.

No local, atrás do Mercado Modelo, será instalada uma Vila da Regata com atrações gratuitas para os visitantes, incluindo shows, visitação de veleiros e outras atividades voltadas ao público durante o período da chegada dos barcos. Os competidores ainda participarão, após chegar a capital baiana, de uma mini-regata na Baía de Todos os Santos.