‘A Alma Imoral’, peça de Clarice Niskier, retorna a Salvador


Depois de 15 anos consecutivos em cartaz, pausados somente devido à pandemia, Clarice Niskier retorna com a peça “A Alma Imoral”, vista por mais de 550 mil pessoas em mais de 40 cidades brasileiras. Em Salvador, serão 4 apresentações no Teatro Jorge Amado, de 16 a 18 de setembro, sexta às 21h, sábado às 17h e 21h e domingo às 19h.

A história da peça começou em junho de 2006 no Rio de Janeiro, quando estreou numa pequena sala de 50 lugares. De lá, seguiu para um teatro de 400 lugares, onde chegou a ficar em cartaz de terça a domingo. Ganhou o Brasil, em teatros de Norte a Sul.

O texto é uma adaptação de Clarice Niskier para o teatro, a partir do livro homônimo do rabino Nilton Bonder. A supervisão da montagem é de Amir Haddad.

Sozinha no palco, Clarice Niskier está em contato direto com a plateia, sem fazer uso da chamada “quarta parede”. Para contar histórias e parábolas da tradição judaica, a atriz vale-se somente de uma cadeira panton preta e um grande pano preto que, concebido pela figurinista Kika Lopes, transforma-se em oito diferentes vestes – mantos, vestidos, burcas, véus. O espaço cênico concebido por Luis Martins é limpo e remete a um longo corredor em perspectiva.

SERVIÇO:
A Alma Imoral
Data: 16, 17, 18 de setembro de 2022
Horário: Sexta às 21h, sábado às 17h e 21h e domingo às 19h
Local: Teatro Jorge Amado
Duração: 80 minutos
Classificação Indicativa: 18 anos
Vendas: Sympla e Bilheteria do Teatro Jorge Amado
Ingressos: R$ 120/R$ 60 (Plateia) | R$ 100/ R$ 50 (Balcão)
Produção Local: Carambola Produções
Realização: Niska Produções Culturais

Leia mais sobre Entretenimento em iBahia.com e siga o portal no Google Notícias