Séries

12 streamings para assistir filmes e séries saindo do óbvio

Séries famosas, documentários exclusivos, filmes famosos de terror, longas nacionais, produções dirigidas por pessoas negras, obras cult e muito mais. Conheça canais de streaming para além do óbvio, gratuitos e pagos, que oferecem produções de qualidade

Por Carolina Rodrigues e Vanessa Brunt, do Não Óbvio


Cada vez mais os serviços de streaming que oferecem filmes e séries caem no gosto popular, seja por causa do baixo custo, pela maior diversidade nas opções ou pela possibilidade do cliente de assistir o que quiser e quando quiser

De 2017 a 2018, segundo relatório da empresa de monitoramento Conviva, o consumo de canais de streaming havia dobrado, chegando a 5,5 bilhões de horas consumidas em 2018.

Em meio a tal realidade, o cenário se torna cada vez mais competitivo, já que são diversos os canais oferecendo variadas produções de qualidade.

Neste ano, um estudo feito pelo Grupo Globo, chamado O digital em resposta à quarentena, mostrou que o consumo desses serviços aumentou 20% ao redor do mundo. A plataforma de stream brasileira, Looke, por exemplo, relatou que houve aumento no consumo de seus conteúdos. O consumo aos finais de semana cresceu 700%, enquanto durante a semana alcançou a marca de 350%.

A Netflix ainda domina o mercado brasileiro, seguida por grandes canais como Telecine Play, Crackle e a recém chegada, Amazon Prime. Mas, que tal diversificar? O NÃO ÓBVIO escolheu streamings menos conhecidos que são incríveis e podem refinar seu paladar cinematográfico. Confira:

1. STARZPLAY | acesse aqui

Criado pela produtora Lionsgate, o catálogo do streaming Starzplay ainda é pequeno no Brasil, mas bastante promissor. O canal oferece o que há de melhor no mundo do cinema, filmes atuais e clássicos e como Dirty Dancing (1987) e Ghostbusters (1984).

Além disso, o diferencial é que o serviço também oferece conteúdos autorais como as séries Normal People (romance dramático que conta a história de dois adolescentes descobrindo o amor e relações íntimas) e The Act (antologia de crimes reais).

As séries disponíveis não são conhecidas no Brasil, mas fazem sucesso no canal de televisão norte-americano Starz, que tem 32 milhões de assinantes.

☌ A mensalidade do Starzplay custa R$14,90. É possível baixar o aplicativo do Starzplay para Android ou iPhone.

2. AFROFLIX | acesse aqui


O Afroflix é uma plataforma que disponibiliza conteúdos audiovisuais com pelo menos uma pessoa negra envolvida na produção.

São cerca de 100 títulos disponíveis brasileiros, entre filmes, séries, webséries e programas diversos. Todos foram produzidos, escritos, dirigidos ou protagonizados por pessoas negras. Segundo as criadoras da plataforma, o Afroflix é uma ação que afirma o espaço negro no audiovisual.

☌ O Afroflix é gratuito.

3. DARKFLIX | acesse aqui


O Darkflix é voltado para fãs de terror. Especializado em filmes que abrangem o gênero fantástico, o serviço reúne clássicos do cinema de horror, fantasia e ficção científica, entre séries, documentários, animações e longas.

A plataforma é brasileira e foi lançada em 2019. A classificação indicativa da maioria dos filmes é para maiores de 16 anos, mas também há títulos para menores.

A curadoria para criar o Darkflix durou cinco anos, por isso as produções do canal são as de melhor qualidade, como Mártires (208) e O Massacre da Serra Elétrica (1974).

☌ A assinatura custa R$9,90 ao mês.

4. PHILOS | acesse aqui


O Philos TV é uma iniciativa do canal Globosat. O streaming contém apenas documentários, entrevistas e debates sobre os mais diversos temas como música, história, atualidades, cultura.

Segundo o próprio site, todo o acervo é cuidadosamente selecionado. Além disso, o Philos TV liberar documentários gratuitos para o público.

O canal contém documentários sobre Agatha Christie, David Bowie e Walt Disney. Também tem produções sobre temas como coronavírus e o movimento Black Lives Matter.

Contudo, o catálogo é menor se comparado com outros serviços citados nessa lista.

☌ O primeiro ano de assinatura custa R$9,90 ao mês. Após o prazo, o valor mensal aumenta para R$14,90. Também é possível assinar através da operadora de TV, banda larga ou celular.


5. LOOKE | acesse aqui

Looke também é uma plataforma brasileira, mas, ao contrário do Darkflix, foi lançada em 2015.

O serviço funciona como um canal de streaming e locadora online. Para quem não quer manter compromisso, é possível alugar e comprar filmes ou até mesmo episódios específicos de séries.

Como a Netflix, é possível baixar e assistir conteúdos offline. O Looke tem filmes como Corpus Christi (2019), indicado ao Oscar 2020 como Melhor Filme Internacional e a mais recente aventura da Disney/Pixar, Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica (2020).

☌ A assinatura vai de R$16,90 (para apenas uma tela) a R$25,90 (cinco telas disponíveis). O serviço também está disponível para iOS e Android.

6. LIBREFLIX | acesse aqui


A Libreflix, criada em outubro de 2017, é uma plataforma brasileira de vídeo que oferece filmes, curtas-metragens, documentários e séries, para serem assistidos online gratuitamente.

É possível buscar títulos separados pelas categorias Nacionais, Kids, Clássicos, Ficção, Docs e mais. “Aberta” e “colaborativa”, a plataforma de streaming reúne produções audiovisuais independentes que “fazem pensar”, segundo descrevem os criadores.

☌ A plataforma é totalmente gratuita.

7. PETRA BELAS ARTES À LA CARTE | acesse aqui

Devido a atual pandemia do coronavírus, muitos comércios tiveram que se reinventar através do meio online. O mais famoso cinema paulistano Belas Artes não ficou para trás. Recentemente foi lançado a plataforma de streaming Petra Belas Artes À La Carte.

O serviço oferece diversos títulos considerados cults e clássicos. O interessante é que a versão online oferece títulos escolhidos com precisão, bem como o cinema físico.

O À La Carte oferece filmes de diversas nacionalidades, vindo de países como Irã e Bélgica, além de títulos brasileiros. É um prato cheio àqueles que querem mergulhar no mercado cult cinematográfico.

☌ O plano mensal custa R$9,90 e o anual R$108,90. É possível assistir por sistema Android ou iOS.

8. LGBTFLIX | acesse aqui

Plataforma de streaming focado em produções LGBTQIA+, a LGBTFlix tem um imenso catálogo de curta-metragens e filmes brasileiros que representam todas as letras da sigla.

O canal foi criado este ano pela ONG Vote LGBT, que tem como objetivo aumentar a representatividade LGBT na política e em outros espaços públicos desde 2014.

A iniciativa surgiu durante a pandemia, como forma de aproximar o público isolado por causa do isolamento social. Até então são 250 títulos disponíveis, todos dirigidos por cineastas LGBTQIA+.

☌ O serviço é gratuito.

9. MICROSOFT STORE FILMES E TV | acesse aqui

Outro tipo de locadora online é o serviço Microsoft Store, que oferece inúmeros títulos para aluguel e compra.

A Microsoft TV permite que o usuário assista sucessos do cinema e seriados através do aplicativo Filmes e programas de TV, já embutido em aparelhos da marca, como Xbox.

Grandes sucessos estão disponíveis como Vingadores: Ultimato (2019) e Coringa (2019), além de filmes estreias deste ano, como Arkansas e Maria e Maria e João – O Conto das Bruxas.

O catálogo também tem filmes de grandes estúdios como Disney, Fox e A24.

☌ Com o Microsoft TV é possível escolher filmes e séries a partir de R$6,90.

10. GOOGLE PLAY FILMES | acesse aqui

O Google Play Filmes não exige assinatura e funciona mais como uma locadora online. A plataforma contém milhares de filmes premiados e lançamentos.

Estão disponíveis inúmeros títulos como Azul é a Cor Mais Quente (2013), It (2017) e 1917 (2019). Quando comprados ou alugados, os filmes ficam armazenados na nuvem de dispositivos com sistema Android por até um mês, o que não sobrecarrega o aparelho.

Para assistir offline basta baixar o filme diretamente no dispositivo.

☌ O aluguel de filmes custa a partir de R$3,90.

11. APPLE TV+ | acesse aqui

Entrando na onda de popularidade dos canais de streaming, empresas de tecnologia Apple, Microsoft e Google decidiram apostar na tendência e criaram seus próprios canais.

A Apple TV+ tem o menor catálogo entre as plataformas citadas: até hoje então são menos de 20 produções disponíveis. Mesmo assim, pelas propagandas, o streaming promete excelente qualidade cinematográfica e nomes de peso para compor seu catálogo.

O streaming que chegou ao Brasil no final do ano passado contém séries, documentários filmes, para crianças e toda a família. Como a série musical animada Central Park, que conta as aventuras de Owell Tillerman e sua família contra uma antiga herdeira que pretende transformar o Central Park de Nova Ioque em condomínios.

Ou a já recomendada série documental Dear…, que traz a trajetória de grandes personalidades a partir de cartas escritas por fãs.

☌ O Apple TV+ é exclusivo para usuários da Apple e custa R$9,90 ao mês.


12. NOVIDADE: FUNIMATION

No início deste ano foi anunciado que o canal de streaming de animes, Funimation chegará ao Brasil ainda em 2020, com animes dublados e legendados.

Para se diferenciar de serviços já estabelecidos como o Crunchyroll, o Funimation trará, além de clássicos e títulos não lançados no Brasil, animes exclusivos. Também será possível assistir animes offline.

É esperado que o serviço chegue entre setembro e dezembro. Os valores ainda não foram anunciados.

*Conteúdo divulgado em parceria com o site NÃO ÓBVIO