Música

7 festivais de música não óbvios e anuais para não perder na Bahia

Rock, reggae, MPB, música eletrônica e muita animação não ficam em falta para quem curtir festivais que acontecem todo ano na Bahia. Eles prometem agradar a todos os públicos. Inclusive, até crianças ganham opção para se animar ao som de uma boa música

Vanessa Brunt e João Victor Greco, do Não Óbvio
- Atualizada em

A Unesco reconheceu Salvador como Cidade da Música em 2015. A qualidade das canções locais, o ritmo contagiante do Olodum e o carnaval mundialmente conhecido ratificam que a capital baiana transpira musicalidade.

Foto: reprodução
Detalhes assim chegam para fortalecer a noção do quanto a cidade é uma referência musical i
mportantíssima para o Brasil e o mundo. Basta olhar para os grandes nomes da música brasileira, ao longo da história, para identificar que a baianidade sempre se fez presente. Mas é preciso expandir o olhar para compreender que a Bahia é um estado que deveria, como um todo, levar também tal reconhecimento.

Inclusive, é engano de quem pensa que a força da Bahia na música nacional só se manifestou nas décadas passadas. Afinal, ainda hoje, esse é o berço de músicos que conquistam cada vez mais espaço no país.

Nos últimos anos, artistas como Larissa Luz, Baco Exu do Blues e Baiana System vêm agradando muita gente. O trabalho desses baianos tem sido muito elogiado e premiado pelo Brasil.

Um dos clipes de Baco, por exemplo, chegou a ganhar um prêmio no Festival de Cannes, na França. A propósito, um dos concorrentes de Bluesman foi Apeshit – trabalho de Beyoncé em parceria com Jay-Z.

Como a Bahia é um lugar tão musical, a agenda cultural do Estado não poderia ser diferente. Bares e restaurantes com música ao vivo, shows e muitos festivais de música já fazem parte do dia a dia do povo baiano.

Os festivais, especialmente, são uma ótima oportunidade para quem quer se embalar ao som do seu estilo musical favorito. Além disso, esses eventos são excelentes para quem quer não só aproveitar os cantores famosos, mas prestigiar as vozes que estão começando a ecoar por aí.

Os Festivais de Verão e de Inverno são dois exemplos de eventos musicais baianos que são conhecidos por todo o Brasil. Mas o NÃO ÓBVIO foi além dessas alternativas já tão famosas e selecionou outros festivais que acontecem periodicamente na Bahia.

Eles representam perfeitamente a pluralidade musical do estado e prometem agradar vários tipos de público. Confira:

1. Flow Festival (Salvador)

O Flow Festival é uma experiência que mistura uma grade de shows musicais, literatura e design, além de esportes e artes variadas. O evento já disponibilizou até cinema ao ar livre com as cadeiras reclináveis de praia.
Foto: reprodução / Não Óbvio
Na música, DJs de estilos variados se misturam com cantores baianos que estão cada vez mais renomados. O pagode da banda ÀttøøxxÁ, por exemplo, animou o público em 2018.


Foto: reprodução / Não Óbvio
A ideia da produção é ressaltar a vocação praiana e urbana de Salvador, ressaltando o estilo de vida associado ao surf e ao skate. Feira de impressos, esportes radicais (como resumem as performances de slackline e as pistas de skate), gastronomia de rua, bar de drinks e outros detalhes são encontrados na diversidade do Flow.

Artistas plásticos vão criando pinturas ao vivo com tintas de cores neon e a proposta é de que a mesma forma de interação possa ser vista em todos os cantos do evento.

A próxima edição (de 2020) será realizada no dia 14 de abril, a partir das 16h, no Trapiche Barnabé (Comércio). Os interessados podem adquirir os ingressos no site Sympla, no valor de R$ 35.

☌ Local do evento: A próxima edição acontece 14/03, no Trapiche Barnabé, às 16h. Veja mais no Instagram do evento.
☌ Periodicidade: Anual
☌ Mais informações: Instagram (clique aqui) | Facebook (clique aqui).


2- Rock Concha (Salvador)

Quando o assunto é música baiana, as pessoas pensam logo nos três estilos musicais que mais caracterizam o povo da Bahia: axé, MPB e pagode. Mas a verdade é que os baianos são muito plurais e não se resumem a isso.

Foto: Reprodução/ Não Óbvio/ Cycero Tavares
Ninguém pode negar, por exemplo, que o rock é um estilo muito presente no estado. O público rockeiro da Bahia é tão expressivo que o festival Rock Concha completou 30 anos em 2019.
Foto: reprodução / Não Óbvio/ Ronaldo Queiroz
Apesar de ter ficado fora do circuito de festivais durante 20 anos, o Rock Concha voltou com tudo, em 2012, e busca inovar cada vez mais. Além de música boa, a última edição do evento também contou com uma feira de CD’s e vinis.

☌ Local do evento: Concha Acústica do TCA (Praça Dois de Julho, s/n – Campo Grande, Salvador)
☌ Periodicidade: Anual
☌ Mais informações: Instagram (clique aqui). 

3- Drop Music Brasil (Feira de Santana)

Você pode até não gostar de música eletrônica, mas não há como negar que ela está crescendo cada vez mais no Brasil. Esse estilo musical é tão querido no país atualmente que até no carnaval e no São João, a música eletrônica não pode mais faltar.
Foto: reprodução / Não Óbvio
O Drop Music Brasil é o selo musical de um evento itinerante pensado justamente para o público que curte música eletrônica. Em Feira de Santana, a primeira edição da Drop Music foi em outubro de 2019, mas esse evento acontece desde 2013.

Foto: reprodução / Não Óbvio
A próxima edição da Drop Music Brasil acontece no dia 07 de março de 2020, na Chácara de Mara, em Feira de Santana. Os ingressos estão sendo vendidos pelo Sympla e nos balcões de ingressos do Boulevard Shopping.

☌ Local do evento: Chácara de Mara (Estrada do Papagaio, 75 – Feira de Santana)
☌ Periodicidade: Ainda não oficializada
☌ Mais informações: Instagram (clique aqui).

4- República do Reggae (Salvador)

A República do Reggae é um festival que, como o próprio nome já diz, é dedicado ao estilo musical que se desenvolveu na Jamaica e ganhou o mundo especialmente através das canções de Bob Marley – o reggae. 
Foto: Reprodução / Não Óbvio/ Sercio Freitas
A República do Reggae aconteceu pela primeira vez em 2003 e vem se fortalecendo cada vez mais na capital baiana. Para quem não sabe, esse evento cresceu tanto durante esses anos que hoje ele é considerado o maior festival de reggae da América Latina.

Foto: Reprodução / Não Óbvio/ Sercio Freitas
Apesar de já ter deixado de acontecer algumas vezes por falta de patrocínio, a República do Reggae já trouxe para Salvador diversos artistas internacionais. SOJA, U-Roy, Lucky Dube, Gregory Isaacs e Alpha Blondy são apenas umas das atrações que já se apresentaram nesse evento.

☌ Local do evento: Geralmente no Wet’n Wild Eventos (Av. Luís Viana, 18 – Patamares, Salvador)
☌ Periodicidade: Anual
☌ Mais informações: Instagram (clique aqui).

5- Música em Trancoso (Porto Seguro)

O evento Música em Trancoso é um festival de música que acontece anualmente no litoral baiano desde 2012. Realizado sempre no mês de março, esse festival possui uma programação que mescla os estilos clássico e popular.
Foto: reprodução / Não Óbvio/ Teatro L’Occitane

Música sinfônica, ópera, bossa nova, tango e jazz são apenas algumas das atrações do grande espetáculo que acontece no Teatro L’Occitane, em Trancoso, todos os anos. No entanto, não são apenas as apresentações musicais que marcam a história desse festival.
Foto: reprodução / Não Óbvio/ Teatro L’Occitane
O Música em Trancoso também oferece concertos e aulas de música gratuitamente para os estudantes de escolas públicas e moradores da região. Sem dúvida, essa união entre arte e responsabilidade social torna o projeto ainda mais belo e enriquecedor.

☌ Local do evento:
Teatro L’Occitane (Estrada Municipal de Trancoso km 19, Porto Seguro)
☌ Periodicidade: Anual (sempre no mês de março)
☌ Mais informações: Site (clique aqui) + Instagram (clique aqui).

6- Radioca

Radioca é um evento de música que acontece em Salvador. O objetivo desse festival é promover a diversidade e apresentar o que há de mais novo no cenário musical independente.
Foto: reprodução / Não óbvio
A 5ª edição do Radioca aconteceu em novembro de 2019 e contou com apresentações de Céu, Tulipa Ruiz, Jessica Caitano, Luiza Lian, Dônica, Afrocidade, Lazzo Matumbi, Livia Nery e diversos outros artistas. 6 mil pessoas compareceram ao evento, os ingressos custaram a partir de R$ 10,00 e a edição de 2020 já foi confirmada.

Foto: reprodução / Não óbvio
A propósito, em 2019, além de assistir os 16 shows musicais que embalaram a Chácara Baluarte, o público do festival também pôde presenciar um papo musicado no Teatro Castro Alves.

☌ Local do evento: A 5ª edição aconteceu na Chácara Baluarte (Ladeira do Baluarte, 20 – Santo Antônio Além do Carmo, Salvador)
☌ Periodicidade: Anual
☌ Mais informações: Instagram (clique aqui).
☌ Site oficial: clique aqui

7- Festival Viver Bem (Salvador)

O Festival Viver Bem é a opção perfeita para quem busca o evento ideal para toda a família. O festival acontece anualmente no estacionamento do Salvador Shopping e oferece conforto e diversão para pessoas de todas as idades.

Foto: reprodução / Não óbvio
As edições do Festival Viver Bem já foram embaladas ao som de Jau, Jammil, Danniel Vieira, Filhos de Jorge, Negra Cor e muito mais. Enquanto isso, a criançada que já passou por lá pôde curtir com o Show da Luna e o grupo infantil DóRéMiLá.


Foto: reprodução / Não óbvio
Além de muita música, esse festival também oferece artesanato, dicas de saúde e bem-estar, cervejas artesanais, diversas atrações infantis e, obviamente, opções gastronômicas pra lá de especiais. A edição de 2020 acontece nos dias 14 e 15 de março.

☌ Local do evento:
Estacionamento do Salvador Shopping (Av. Tancredo Neves, 3133 – Caminho das Árvores, Salvador)
☌ Periodicidade: Anual
☌ Mais informações: Site (clique aqui) + Instagram (clique aqui).

Conteúdo em parceria com o site Não Óbvio