Cinema

‘Adoráveis Mulheres’ discute o papel feminino no século XIX

Adaptação do clássico americano tem seis indicações ao Oscar

Heyder Mustafá* ((heyder.mustafa@redebahia.com.br))
- Atualizada em


Demorou quase 30 anos para Hollywood nos brindar com mais uma adaptação do clássico livro ‘Little Women’, da escritora Louisa May Alcott. Uma das histórias mais celebradas e conhecidas dos americanos volta às telas com a ousadia da diretora Greta Gerwig e um elenco de peso, com nomes como Saoirse Ronan, Emma Watson, Laura Dern, Timothée Chalamet e Meryl Streep. O resultado não poderia ser outro: uma adaptação pulsante, atuações de tirar o fôlego e seis indicações ao Oscar 2020, incluindo a de melhor filme.


‘Adoráveis Mulheres’ conta a história do amadurecimento de quatro irmãs, em meio à Guerra Civil Americana, na segunda metade do século XIX. Mas, na verdade, a vida da família March serve como um providencial pano de fundo para analisar e discutir o papel da mulher na sociedade da época. Unidas pela ausência do pai, que está servindo à pátria nos campos de batalha, e pelo amor incondicional da mãe, as irmãs apresentam posturas completamente diferentes sobre a vida.

Enquanto Jo, a protagonista, é uma destemida escritora, que vai arriscar a vida em Nova York e tentar vender suas histórias aos jornais da cidade, Amy, por exemplo, sonha com um casamento pomposo e um marido rico. O ponto alto da história é a lucidez da autora que em momento algum trata os objetivos de vida das personagens de forma maniqueísta. Não existe certo e errado. Querer casar-se e constituir uma família é tão legítimo quanto fugir do altar e buscar independência financeira em um voo solo.

A mensagem vanguardista é apresentada com ousadia e muito apuro técnico pela diretora Greta Gerwig, que usa de forma precisa a fotografia, o figurino e os enquadramentos para adaptar a história de uma forma nova e nada convencional. Os diálogos acelerados contrastam com o cenário bucólico, deixando a clássica narrativa com um ritmo pop. Isso faz com que o ‘Adoráveis Mulheres’ de Greta fuja do dramalhão sem deixar de lado a essência do texto original.

O elenco é um show à parte. Sem dúvida, Saoirse Ronan interpreta o seu melhor papel na carreira. Timothée Chalamet parece ter nascido para viver Laurie, o jovem rico apaixonado por Jo. A veterana Laura Dern é absolutamente convincente no afetuoso papel da matriarca da família e Meryl Streep dispensa qualquer tipo de comentário. Intensa, moderna e divertida, a mais nova adaptação de ‘Adoráveis Mulheres’ recebeu seis indicações ao Oscar e merece ser vista por quem aprecia uma clássica obra atualizada de maneira genial.

Heyder Mustafá é jornalista e produtor cultural formado pela UFBA, editor de conteúdo da GFM e Bahia FM, apresentador do Fala Bahia e apaixonado por cinema, literatura e viagens.