TV

Apoio de Edir Macedo a Bolsonaro teria feito Porchat pedir demissão da Record

Apresentador pretende se dedicar ao cinema e TV a cabo

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Dois fatores teriam influenciado Fábio Porchat a pedir demissão da Record, na última segunda-feira (01). Segundo informações da F5, da 'Folha de S. Paulo', Edir Macedo declarou apoio a Jair Bolsonaro e causou certo desconforto no apresentador, já que ele chegou a divulgar um vídeo questionando a razão de se votar no candidato do PSL.


Além disso, Porchat também pretende se dedicar a projetos no cinema e na TV a cabo. O pedido de demissão, por sinal, causou surpresa na direção da Record. Porchat deixa a emissora já em dezembro e não vai precisar pagar multa, já que anunciou a decisão três meses antes do fim da temporada, como consta em seu contrato. 

Ao 'Uol', o humorista falou sobre a decisão. “Comuniquei a Record do meu desejo de parar. O compromisso não me apresentava outra alternativa. Até segunda ordem, o programa vai continuar sendo exibido até o fim do ano”, contou.