TV

BBB18: Família fala sobre suposto assédio: 'São costumes familiares'

Tiago Leifert cobrou explicações em conversa, na tarde de quarta-feira (24); a reunião gravada foi exibida à noite

Redação do Correio 24 Horas

O pai Ayrton e a filha Ana Clara, da Família Lima, confinada no Big Brother Brasil (BBB18), continuam causando burburinho nas redes sociais por conta de cenas protagonizadas por ele. O apresentador Tiago Leifert precisou intervir e cobrar explicações no próprio programa. Gravada na tarde de quarta-feira (24), a conversa - que antes era confidencial - foi e exibida à noite. A família toda pôde se explicar e falar sobre como funciona o convívio deles.

“Tem gente que acha que eles são muitos carinhos, tem gente que acha que eles passam do ponto, tem gente que acha a família normal, tem gente que acha excesso de intimidade ali. Que tal a gente conversar isso tudo com a própria família?”, convidou Leifert. 

“Meu pai é grudento normalmente”, explicou Ana Clara sobre o pai Ayrton ter bebido na primeira festa do BBB18. “Na minha família isso não era comum, mas na casa do Ayrton sim. Eu aprendi que é um ato de carinho, não há maldade nenhuma. Nada mais é do que um ato de carinho, quase um ‘Eu te amo'”, explicou a mãe, Eva. “Beijo os meus sobrinhos na boca e não tem maldade nenhuma. Na minha família sempre aconteceu e vai acontecer… é muito amor”, revelou Ayrton sobre os selinhos distribuídos durante o reality show.


Tiago quis saber se alguém da família deles ou de qualquer outro lugar já havia olhado torto ou achado ruim pelo ato de carinho, mas a família garantiu que nunca. “Eu estou falando de coração… Mesmo que seja na boca, não tenho problema com isso”, reforçou Ayrton.“Que entendam que isso tem muito amor por trás, muito respeito, intuito da família estar sempre unida, é uma família que se ama muito, que se cuida muito”, voltou a justificar Eva.

Por fim, a filha Ana Clara concluiu: “São costumes familiares. Eu pelo menos nasci com isso, fui criada com isso, são valores de família, são coisas que a gente carrega das pessoas que vieram antes da gente. É um costume que meu avô tinha, que minha avó tinha, passou para os meus tios, passou para o meu pai, meu pai passou para mim e é isso”.

Na tarde de quarta-feira (24), eles foram chamados pela produção do programa para uma conversa confidencial. Apesar das câmeras e som terem sido desligados, o pai Ayrton, a mãe Eva, a filha Ana Clara e o sobrinho Jorge comentaram o assunto após o término da conversa - o que deixou claro que a reunião confidencial girou em torno da repercussão negativa da relação entre o pai Ayrton e a filha Ana Clara, que trocam selinhos repetidas vezes e tem causado repúdio nos telespectadores.


“Atenção, Família Lima, para o segundo andar”, anunciou a equipe do reality. A câmera do segundo andar, onde eles estão hospedados, foi cortada e até então não se sabia o motivo pelo qual eles foram chamados. A web logo iniciou com os palpites sobre as possíveis pautas da conversa. Muitos garantiram que o motivo era a repercussão negativa da relação entre Ayrton e Ana Clara.

Momentos depois da conversa confidencial, a família se reuniu no quarto e comentou sobre a repercussão do beijo, revelando o motivo da conversa com a produção da emissora. Os integrantes da família apareceram bem desesperados com o movimento que se formou na web e Ayrton também se mostrou preocupado com a sua imagem e a repercussão do beijo com a filha. Ana continuou a conversa defendendo a forma da família trocar carinho e alegando que não vê nada demais na intimidade que tem com o pai e mostrou sua revolta com a repercussão negativa de seus atos no reality.

Nas redes sociais, o sobrinho de Ayrton falou sobre o polêmico beijo entre pai e filha. “Muito triste com o que pessoas desinformadas estão fazendo com o meu tio Ayrton, com a minha família… Meu tio tentou por 15 anos entrar no BBB e está realizando o sonho dele… É um cara batalhador, povão, super engraçado (o mais doido da família) e sempre carinhoso com todos da nossa família”, disse ele. “Na nossa família nos beijamos e abraçamos, como demonstração de amor e afeto. Tenho 36 anos e até hoje só cumprimento minha avó, minha mãe, minhas tias as beijando na boca. Pela lógica dessa galera sem noção eu fui assediado por elas então?!”, questionou.

“Essa porcaria de “politicamente correto” agora afetou a minha família, mas se vcs, pessoas mal amadas e cheias de erros obscuros, acham que vão nos derrubar, estão muito enganados. Acabamos de perder o meu pai neste domingo que passou (21/01), irmão do Tio Ayrton (o meu tio, Ana e tia Eva ainda não sabem disso)”, lamentou. “E isso não nos derrubou, pelo contrário, nos uniu ainda mais. Então podem vir com seus discursinhos hipócritas. Tio Ayrton beije bastante a sua filha com todo amor do mundo, pois eu faria tudo pra ter ganhado mais um beijo do meu amado pai”, finalizou.

Entenda a polêmica

O primeiro dia de confinamento mostrou a relação da Família Lima e deu o que falar nas redes socias. Após internautas detonarem a estudante Ana Clara, filha da família, por postagens polêmicas na internet, na madrugada desta segunda-feira (22), durante a festa, o pai Ayrton e filha trocaram um selinho demorado, o que dividiu opinões nas redes sociais.

No confinamento, estavam apenas os quatro integrantes da família: Ana Clara, a filha; Ayrton, o pai; Eva, a mãe; e Jorge, o sobrinho, tratado como filho. Outras cenas inusitadas que aconteceram na casa também estão sendo comentadas nas redes, principalmente no Twitter, e tratadas com repulsa. Em um momento, Ayrton aparece deitado na cama sobre a filha fazendo alguns movimentos com o quadril. A cena foi gravada e compartilhada nas redes sociais.

Os quatro integrantes da família ficam juntos no reality show até domingo (28), quando dois deles serão eliminados da casa, e outros dois continuarão na disputa. Quem continuar vai competir em dupla e seus votos valerão como um.