Cinema

Capitã Marvel supera expectativas e se torna a sexta maior estreia mundial

O resultado é visto pelos analistas como um estímulo para que estúdios invistam ainda mais na diversidade de super-heróis

Agência, O Globo
- Atualizada em

O longa "Capitã Marvel" teve uma estreia à altura dos superpoderes da personagem interpretada por Brie Larson. Em seu fim de semana de estreia, o filme superou expectativas ao arrecadar 153 milhões de dólares no mercado norte-americano, e 455 milhões na bilheteria global.

Com isso, "Capitã Marvel" tornou-se, de longe, a melhor estreia do ano na América do Norte, e a sexta maior bilheteria de abertura global da História.

O resultado é visto pelos analistas como um estímulo para que estúdios invistam ainda mais na diversidade de super-heróis, assim como foi "Pantera Negra" — "Capitã Marvel" é o primeiro longa do estúdio protagonizado por uma mulher.

O 21º capítulo do universo cinematográfico da Marvel, da Disney, impulsionou a bilheteria doméstica norte-americana para US$ 210 milhões, quase US$ 70 milhões a mais que no mesmo período do ano passado. Foi o primeiro fim de semana de 2019 a superar o mesmo período de 2018.

Brie Larson interpreta Carol Danvers, a piloto que se torna a poderosa Capitã Marvel após a Terra ser envolvida no centro de um conflito galáctico em 1995. O elenco também conta com Samuel L. Jackson, Ben Mendelsohn, Djimon Hounsou, Lee Pace, Lashana Lynch, Gemma Chan, Annette Bening, Clark Gregg e Jude Law. O filme é escrito e dirigido por Anna Boden e Ryan Fleck.



“Por sorte, os super poderes da ‘Capitã Marvel’ se estenderam para o reino das bilheterias e, como esperado, forneceram um impulso necessário para as bilheterias de 2019, com o resultado positivo desta estreia mundial”, disse o analista de mídia da Comscore Paul Dergarabedian. “O encanto e força do gênero de super heróis estão mais poderosos que nunca e é exatamente o que o público carente de sucessos estava esperando, na forma de uma Brie Larson perfeitamente escalada para este poderoso papel.”