Cinema

Cinco filmes não óbvios que trazem professores no protagonismo

Confira produções cinematográficas que dão foco ao tema para debater o sistema de ensino e outros aspectos, como depressão e preconceitos

Jéssica Zoleti e Vanessa Brunt, do Não Óbvio
- Atualizada em
A figura do professor vai muito além da sala de aula, já que a formação de um indivíduo vai muito além de âmbitos profissionais. E é com narrativas sobre a trajetória dos profissionais da educação que algumas produções das telonas se destacam.

Tramas que abordam temas como a relação dos educadores com os alunos, ensino público, dificuldades na luta por melhores condições de trabalho e bullying estão presentes em histórias inspiradoras com grandes personagens que engrandecem o papel de quem dedica sua vida a transmitir conhecimento.  
Imagem relacionada

Clássicos como Sociedade dos Poetas Mortos e Gênio Indomável ganharam o grande público com narrativas emocionantes sobre a relação do educador na sociedade. Filmes como Escritores da Liberdade chegaram também deixando marcas.

Como uma pequena homenagem a todos os mestres que contribuíram para nossa formação, conheça a seleção do NÃO ÓBVIO, sem ordem de preferências, com cinco longas que vão das cinebiografias às ficções críticas e retratam trajetórias de educadores.
Foto: Reprodução
1. Além da Sala de Aula

Baseado na história real da professora e autora Stacey Bess, mais conhecida pela obra Nobody Don’t Love Nobody, o drama Além da Sala de Aula acompanha os desafios na trajetória da educadora recém-formada.

Interpretada por Emily VanCamp, a protagonista encara, em seu primeiro emprego, o desafio de dar aulas para crianças de rua em um abrigo na cidade de Salt Lake City (Estados Unidos).

A história se passa em 1987 e, pelas leis da época, crianças sem teto não tinham o direito de estarem matriculadas em escolas convencionais. Sem infraestrutura adequada, a realidade de um ambiente de ensino desigual destaca a força da professora na luta para conseguir melhores condições para seus alunos e fazer a diferença na vida de cada um deles.

☌ Direção: Jeff Bleckner
☌ Elenco: Emily VanCamp, Steve Talley, Timothy Busfield
☌ Gênero: Drama
☌ Lançamento: 18 de junho de 2011
☌ Duração: 1h35
☌ Onde assistir: adquira o DVD do filme.

2. Entre os Muros da Escola
Lançado em 2009, o drama francês Entre os Muros da Escola é baseado no livro A Turma, de François Bégaudeau, uma autobiografia que narra as experiências do autor como professor em uma escola de ensino médio, localizada na periferia de Paris. Curiosamente, o papel do professor François Marin é interpretado pelo próprio autor.

A obra aborda as dificuldades universais enfrentadas por educadores e jovens, dentro e fora da sala de aula. Entre as questões exploradas estão a diversidade cultural, indisciplina e a relação entre professor e aluno.

A produção foi vencedora da Palma de Ouro do Festival de Cannes 2008 e indicada ao Oscar 2009 na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

☌ Direção: Laurent Cantet
☌ Elenco: François Bégaudeau, Agame Malembo-Emene, Angélica Sancio  
☌ Gênero: Drama
☌ Lançamento: 13 de março de 2009
☌ Duração: 2h08
☌ Onde assistir: disponível online pelo Itunes.

3. Como Estrelas na Terra
O drama indiano Como Estrelas na Terra conta a história do pequeno Ishaan (Darsheel Safary), um menino de 9 anos que sofre com dificuldades que afetam seu desempenho social e escolar. A trama toma um novo rumo com a chegada do professor substituto de artes Nikumbh (Aamir Khan), que descobre que o garoto tem dislexia (transtorno específico de aprendizagem de origem neurobiológica, caracterizada por dificuldade no reconhecimento preciso e/ou fluente da palavra, com obstáculos na habilidade de decodificação e em soletração).

Com forte crítica à forma com que as escolas e pais lidam com alunos que têm necessidades especiais, o filme retrata a realidade de muitas crianças que passam por preconceitos e têm dificuldades de aprendizagem e não recebem o tratamento adequado para se desenvolver.

A importância do professor, que soube entender e explorar com métodos de inclusão, surge como simbologia para a necessidade de pessoas que possam incentivar e mudar vidas como a de Nikumbh, fazendo com que toda a sociedade ganhe alguém com raras visões.

☌ Direção: Aamir Khan, Amole Gupte
☌ Elenco: Darsheel Safary, Aamir Khan, Tisca Chopra
☌ Gênero: Drama
☌ Lançamento: 21 de dezembro 2007 (India)
☌ Duração: 1h35
☌ Onde assistir: disponível online na Netflix.

4. O Substituto

Do diretor inglês Tony Kaye, O Substituto acompanha a vida de Henry Bates (Adrien Brody), um professor de literatura do ensino médio que, como sugere o título, ganha a vida passando de escola em escola, ensinando salas temporárias. Em seu novo desafio profissional, Henry chega a uma precária escola de periferia e encara problemas presentes em muitas escolas atuais.

O trabalho de Henry vai muito além das matérias no quadro da sala de aula, o educador estima seus alunos a questionarem o mundo e pensarem por si mesmos.

De forma crua e real, o longa aborda assuntos delicados como violência na sala de aula, bullying, assédio, depressão, desigualdade social e o sistema de ensino público. Para entender as simbologias, lições e diversas metáforas do filme, leia a análise do blog Sem Quases, parceiro do NÃO ÓBVIO.

☌ Direção: Tony Kaye
☌ Elenco: Adrien Brody, Christina Hendricks, Marcia Gay Harden
☌ Gênero: Drama
☌ Lançamento: 30 de outubro de 2011
☌ Duração: 1h38
☌ Onde assistir: adquira o DVD do filme.

5. A Professora do Jardim de Infância

Remake hollywoodiano para o longa homônimo israelense, A Professora do Jardim de Infância narra a história de Lisa Spinelli (Maggie Gyllenhaal), professora do ensino infantil que descobre em um de seus alunos um enorme talento para poesia.

Com motivações bem questionáveis, Lisa se dedica a incentivar o garoto prodígio, cultivando uma relação doentia e obsessiva com a criança de apenas cinco anos de idade.

A versão da diretora Sara Colangelo estabelece uma atmosfera perturbadora que questiona a relações sobre professores e alunos, adultos e crianças e todos os seres humanos entre si.

A produção foi vencedora do prêmio de Melhor Direção no Sundance 2018.

☌ Direção: Sara Colangelo
☌ Elenco: Maggie Gyllenhaal, Gael García Bernal, Ato Blankson-Wood
☌ Gênero: Drama
☌ Lançamento: 12 de outubro de 2018 (EUA)
☌ Duração: 1h36

*Conteúdo em parceria com o site Não Óbvio