Cinema

Cinco séries que abordam saúde mental de formas não óbvias

Ansiedade, depressão, carências, traumas e diversos outros aspectos que afetam mente e corpo são os temas principais dessas séries, que abordam cada um desses tópicos de formas nada clichês

Por Vanessa Brunt e Jorge Barreto, do Não Óbvio
- Atualizada em

A ansiedade pode desencadear em doenças como crises de pânico, gastrite e outros diversos diagnósticos. Esse é apenas um dos exemplos que confirmam a importância de cuidados com as questões mentais para que o corpo possa ter um bom funcionamento geral.

Diferentemente da campanha do Setembro Amarelo, que busca chamar atenção para os transtornos mentais e prevenção ao suicido, o Janeiro Branco busca alertar sobre a importância de cuidar do nosso estado psicológico como forma de prevenir esses transtornos.

A campanha tem como meta orientar as pessoas a cuidarem da saúde mental, bem como mobilizar sociedade civil, profissionais de saúde, mídia e agentes públicos com relação ao tema.

No Brasil, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 86% da população possui algum tipo de transtorno mental, isso inclui desde ansiedade até casos graves de depressão.

O reflexo da pandemia de Covid-19 está causando outros danos para as mentes, o que desencadeia em mais um problema de saúde pública.
Reprodução: Google

Todos os esforços para poder alertar e conscientizar sobre o tema são positivos, e uma das formas de abordar o assunto e mostrar os efeitos do problema é através das artes, mais especificamente do cinema e televisão.

Nos últimos anos muitas produções têm abordado personagens emblemáticos, tramas psicológicas e retratos de danos mentais, gerando, assim, mais conscientização sobre a temática.

Produções como 13 Reasons Why (Netflix), por exemplo, conseguiram gerar polêmicas e reflexões por tratarem de temas como depressão, suicídio, ansiedade e outros tantos aspectos dentro da realidade dos jovens. A série traz alertas de gatilhos, já que exibe cenas fortes e se aprofunda na quebra de tabus. Confira o trailer da 1ª temporada:



Para quem deseja aprender mais e/ou refletir sobre o tema de formas nada clichês, o NÃO ÓBVIO organizou uma lista especial com séries excelentes da Amazon Prime e Netflix. Confira para conhecer e se aprofundar sobre essa temática.


1. The Wilds



Um grupo de mulheres que ficam juntas em uma ilha após um acidente de avião, esse é ponto de partida da produção, que aborda desde o empoderamento feminino até os traumas e dramas das integrantes do grupo.

A trama foca nos relacionamentos humanos e em como eles podem afetar a nossa mente em diversos níveis. Ao longo da obra, as vidas das protagonistas antes do acidente vão sendo também exibidas. Com isso, os transtornos, agonias e dramas vão fazendo mais sentido, mostrando de forma intimista os contornos psicológicos das personagens.

As fragilidades, incertezas e a pressão social que existe durante a adolescência são explorados – fatos muito presentes na atualidade de muitos jovens e que, em muitos casos, comprometem a saúde mental. O tópico é retratado principalmente em personagens como Shelby Goodkind e Leah Rilke.

A temática da saúde mental é recorrente em todos os episódios e é abordada de forma responsável, mostrando como a limitação de sentimentos gera problemas duradouros e influencia nas personalidades de cada um, de maneiras distintas.

Mensagens como a importância naturalizar os pedidos de ajuda estão inclusas.

☌ Onde assistir: Amazon
☌ Gênero: Drama + Suspense
☌ Número de temporadas: 1 (segunda temporada confirmada)
☌ Lançamento: 2020
☌ Elenco: Rachel Griffiths, Sophia Ali, Reign Edwards
☌ Nacionalidade: Estadunidense

2. Parks and Recreation



A série traz em sua composição um ar cômico, com personagens divertidos e muito característicos. Na obra, somos apresentados a Leslye Knope e sua trajetória com vice-diretora do Departamento de Parques e Recreação da cidade fictícia de Pawnee. Ela leva a sério seu trabalho e ambiciona se tornar-se um dia presidente dos Estados Unidos.

Os funcionários que trabalham com Leslye acham ela um pouco exagerada com suas ações. E, a partir de tais críticas, a produção passa a transformar os personagens cômicos, exibindo seus momentos obscuros.

É o caso, por exemplo, de Chris Traeger, que é interpretado por Rob Lowe. Ele acaba tendo uma obsessão por sua forma física e sua rotina de dietas e exercícios, o que afeta a sua forma de enxergar o mundo e a sua saúde em geral.

Chis também tem um problema com relação à carência, ele é uma pessoa sozinha e está sempre procurando está próximo às pessoas, o problema é que a personalidade acaba em muitos momentos incomodando as pessoas, mesmo sempre aparentando ser sempre feliz e energético.

Logo, a série vai se aprofundando em aspectos como autoestima, solidão e o uso do humor como forma de mascarar sentimentos e traumas.

Parks and Recreation traz diversas reflexões no que tange a comportamentos prejudiciais à saúde mental, como obsessões, traumas e síndromes, e mesmo assim ainda consegue se manter uma série leve e que ajuda a relaxar depois de um dia de trabalho.

☌ Onde assistir:
Amazon
☌ Gênero: Comédia
☌ Número de temporadas: 7 (finalizada)
☌ Lançamento: 2009
☌ Elenco: Amy Poehler, Rashida Jones, Aziz Ansari
☌ Nacionalidade: Estadunidense

3. United States of Tara



Uma produção que, desde os princípios, busca explorar o contexto de um distúrbio vivido pela personagem principal. Tara Gregson (Toni Collette) sofre com Transtorno Dissociativo de Identidade (DID). E é com base em tal tema que a série busca retratar a vida de quem segue com a doença, mostrando como isso afeta a vida pessoal, profissional e social.

Os episódios mostram como o transtorno vai prejudicando sua vida e relacionamentos até o ponto de ficar insustentável. A produção fica chocante e funciona como um alerta para pais e adolescentes, mostrando as transições de personalidades da protagonista, que são bastante diferentes e possuem transições que vão de leves a intensas.

Um dos pontos que chama a atenção é a busca conjunta, dela e da família, para amenizar os efeitos do distúrbio e seus reflexos, mostrando que quando o problema é reconhecido, o passo seguinte é o tratamento consciente, com apoio da família e das pessoas próximas.  

☌ Onde assistir: Amazon
☌ Gênero: Comédia
☌ Número de temporadas: 3 (finalizada)
☌ Lançamento: 2010
☌ Elenco: Toni Collette, John Corbett, Brie Larson
☌ Nacionalidade: Estadunidense

4. Merlí



Merlí possui um enredo diferenciado e mistura filosofia como uma forma de lidar com problemas cotidianos, traumas e transtornos. A produção espanhola traz o professor Merlí Bergerom (Francesc Orella), que inicialmente se mostra pouco convencional, com um método de ensino apaixonante e divertido.

A série mostra em cada capítulo as principais ideias ou teorias de um filósofo, sem que isso altere o enredo da série. O personagem principal possui um vida emocionalmente caótica, atitudes imaturas, sensibilidade aflorada e às vezes demonstra uma masculinidade mal construída.

Outra característica de Merlí é mostrar o contexto vivido pelos outros protagonistas, os alunos. Assim, é possível conhecermos as luzes e sombras da vida de muitos dos alunos da turma ministrada pelo professor, que acima de tudo, autêntico, astuto e provocador.

A vida e a morte, doenças, relações eróticas, drogas e amizad são apenas algumas das questões que a obra ilustra como pontos para a crítica, a reflexão, o pensamento, a aceitação e o conhecimento que se mostram como remédios para  determinados estados psicológicos.

☌ Onde assistir: Netflix
☌ Gênero: Teen
☌ Número de temporadas: 3 (finalizada)
☌ Lançamento: 2015
☌ Elenco: Francesc Orella,David Solans,Candela Antón
☌ Nacionalidade: Espanhola

5. BoJack Horseman



A série em formato de animação aborda vício, depressão, ansiedade e outros problemas psicológicos de maneira muito madura. A produção tem como personagem principal um cavalo de meio idade, Bojack Horseman, um decadente astro de Hollywood, que vive nos dias atuais devido à fama e fortuna que acumulou com uma série de grande sucesso há 20 anos atrás.

Definitivamente, uma obra de animação para adultos.

À primeira vista, a série pode parecer bizarra, com animais como personagens. Mas a obra tem uma proximidade muito grande com os dramas e contextos humanos no mundo contemporâneo e traz a metalinguagem muito presente entre as piadas e críticas.

O enredo da produção trata de diversos temas como depressão, ansiedade, amor, raiva, tristeza e frases espetaculares, que trazem momentos de dor e reflexão. O tema saúde mental pode ser visto em todo no contexto, principalmente nos do protagonista.

☌ Onde assistir:
Netflix
☌ Gênero: Comédia + Sitcom
☌ Número de temporadas: 6 (7ª ainda não confirmada)
☌ Lançamento: 2015
☌ Elenco: Will Arnett, Aaron Paul, Amy Sedaris
☌ Nacionalidade: Estadunidense

SÉRIES BÔNUS:

In Treatment


A série traz o psicanalista, Paul Weston, como personagem principal e mostra sua rotina de terapia com os diferentes pacientes e casos que passam por seu consultório. Durante as sessões eles expõem traumas, conflitos internos e tantos outros dilemas psicológicos. A trama se torna interessante quando a partir do momento que Paul começa a enxergar que sua vida está sendo afetada por alguns dilemas pessoais e, a partir disso, ele também inicia uma jornada fazendo terapia.






☌ Onde assistir:
HBO
☌ Gênero: Drama
☌ Número de temporadas: 3 (finalizada)
☌ Lançamento: 2007
☌ Elenco: Dianne Wiest, Blair Underwood, Gabriel Byrne, Embeth Davidtz
☌ Nacionalidade: Estadunidense

Sharp Objects

Uma paciente que saiu de uma instituição psiquiátrica recentemente, uma mãe controladora e abusiva e o encontro com o passado são alguns dos contextos vividos pela jornalista Camile Preaker (Amy Adams). Quando ela volta a sua cidade natal para escrever uma matéria sobre dois assassinatos, tudo vem à tona. A partir desse momento, Camile precisa voltar a morar com sua mãe e a relação entre elas vai revelando as dinâmicas familiares tóxicas e trazendo à tona a síndrome de Münchhausen.



☌ Onde assistir: HBO
☌ Gênero: Drama + Suspense
☌ Número de temporadas: 1
☌ Lançamento: 2008
☌ Elenco: Amy Adams, Chris Messina, Madison Davenport, Elizabeth Perkins
☌ Nacionalidade: Estadunidense

*Conteúdo divulgado em parceria com o site NÃO ÓBVIO